Reservatórios de água deverão ser utilizados para consumo animal ou irrigação de plantações. Foto: Reprodução/Pixabay

A Prefeitura de Maratá encaminha nesta sexta-feira, dia 12, o conjunto de documentos para o convênio de resultado da Consulta Popular 2020. A demanda com mais votos no Vale do Caí foi a de criação de redes de cooperação para preservação de água com a implantação de reservatórios de água e a compra de cisternas para irrigação de propriedades produtivas. Como Maratá foi o Município da região com o maior número de votantes no projeto – 311 – a cidade é uma das cinco contempladas com o recurso.

Antes dos documentos serem encaminhados, produtores interessados em fazer parte do projeto ainda podem se inscrever nele. A inscrição deve ser feita até o meio-dia de sexta-feira na secretaria municipal de Agricultura e Meio Ambiente ou no escritório da Emater-RS/Ascar em Maratá. De acordo com o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Elson Wadenphul, Maratá receberá R$ 68.571,43 para a execução do projeto.

Elson destaca que os agricultores que não receberam atendimento para a abertura de reservatórios no ano passado, durante o período de seca, terão prioridade, conforme os protocolos já realizados na secretaria. Uma equipe já avalia os produtores cadastrados para analisar medidas e questões ambientais pertinentes, para que tudo esteja dentro dos padrões da legislação vigente. É importante destacar que os reservatórios de água deverão ser utilizados para consumo animal ou irrigação de plantações.

Deixe seu comentário