Foto: Acom/Prefeitura de Montenegro

Com a flexibilização das regras do distanciamento social, em Montenegro bares, restaurantes e até mesmo postos de combustíveis voltaram a apresentar aglomerações durante os finais de semana. A Prefeitura da Cidade informa que nos próximos dias, os estabelecimentos comerciais que mais tiveram problemas com aglomerações serão chamados para uma reunião com o Executivo.

Na oportunidade, membros da Administração Municipal explicarão aos proprietários a importância de manter os protocolos sanitários e de distanciamento para que todos sigam a regra sem serem prejudicados. De acordo com o coordenador do Gabinete de Crise, Fabrício Coitinho, o cumprimento das normas fará com que o comércio não precise fechar novamente. “Se não houver aumento de casos e mortes, dificilmente os estabelecimentos fecharão de novo”, diz Coitinho.

 

Fiscalização fez cerca de 2 mil abordagens em abril

As ações que visam coibir as aglomerações e o não uso de máscaras são realizadas pela Prefeitura, por meio da Vigilância Sanitária, Defesa Civil, fiscais e guardas municiais, juntamente com a Brigada Militar (BM). Em abril, foram realizadas cerca de 2 mil abordagens.

A maior parte destas aconteceram no último período do mês, que vai de 23 ao dia 29. Foram 358 abordagens pelo não uso de máscaras. Pouco menos do que o pico registrado nas primeiras semanas, quando a fiscalização contabilizou 500 pessoas abordadas. Já em relação aos estabelecimentos comerciais, em todo o mês, foram 76 espaços autuados e notificados pelo poder público. De acordo com a chefe da Vigilância Sanitária, Silvana Schons, as fiscalizações continuarão acontecendo na cidade, com reforço aos sábados e domingos.

A ação conjunta envolve a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com a Vigilância Sanitária, fiscais do poder público, Guarda Municipal, Defesa Civil e Brigada Militar. Durante a noite, também haverá atuação da Prefeitura e dos órgãos de segurança pública. Serão realizadas rondas para evitar aglomerações na cidade e coibir o acontecimento de festas clandestinas. A mobilização passará por vários pontos de Montenegro e também aplicará sanções em quem descumprir os protocolos.

 

Deixe seu comentário