CBV/Caí

VÍTIMA se deslocava para o trabalho no momento da tragédia

Sereni Fátima Martins de Almeida ia ao trabalho. Foto: Reprodução Facebook

Sereni Fátima Martins de Almeida, de 40 anos, faleceu no Hospital Sagrada Família, em São Sebastião do Caí, após se envolver em um acidente de trânsito na manhã dessa segunda-feira, 22. Por volta das 5h30min, a bicicleta motorizada na qual estava a vítima foi atingida por um caminhão. O fato ocorreu na ERS-122 – Km 07, no bairro Conceição. Segundo informações de parentes, a mulher estava indo para o trabalho, em uma empresa metalúrgica, na hora da tragédia.

As circunstâncias do acidente são apuradas pela polícia. Bombeiros Voluntários do Caí prestaram os primeiros socorros à Sereni, que chegou a ser encaminhada ao hospital ainda com vida, mas pouco tempo depois não resistiu aos ferimentos.
Sereni morava no bairro São Martim. Ela era casada com Amilton de Almeida, 39, e tinha dois filhos, uma menina de cinco anos e um menino de 12. “A nenê ainda não entende bem o que aconteceu. O guri é que se desesperou mais, mas estamos tentando ter força para passar por essa”, diz o viúvo. A mãe da vítima foi medicada para enfrentar o abalo emocional. Essa é a segunda perda enfrentada por ela desde o ano passado, quando o pai de Sereni faleceu, vítima de Covi-19.

Conforme Amilton, faz dois anos que Sereni passou a ir para o trabalho de bicicleta e até então não havia tido problemas. Ela era natural de São Leopoldo, mas há mais de 20 anos residia no Caí. O sepultamento está previsto para às 9h desta terça-feira, 23, no Cemitério Municipal de São Sebastião do Caí.

Deixe seu comentário