Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil, em uma ação da Delegacia de Capão da Canoa, com apoio da Brigada Militar cumpriu cinco mandados de busca e apreensão em Capão da Canoa. Com a participação de dois policiais de Montenegro cedidos para a Operação Verão, a iniciativa teve o objetivo de obter provas que complementem investigação policial em combate ao tráfico de drogas  naquela praia, praticado por organização criminosa que atua principalmente no Parque Antártica.

Durante as diligências, duas pessoas foram presas em flagrante e uma conduzida à Delegacia para averiguações. Também foram apreendidas duas armas municiadas (uma pistola 380 e revólver calibre 38), um colete balístico, drogas (dois tijolinhos de maconha prensados e duas pedras de crack), um aparelho XBOX sem procedência, câmeras de segurança, três aparelhos celulares, câmera fotográfica profissional e a quantia total de R$ 12.118,00 em notas diversas.

Participaram da operação o comissário Wellington Camargo, da Delegacia Regional do Vale do Caí e o comissário Alisson Castilhos, chefe do setor de investigação da 1ª Delegacia de Polícia de Montenegro, os quais estão atuando na praia de Capão da Canoa. “Aqui estamos trabalhando em conjunto com colegas de várias cidades visando o combate à criminalidade no decorrer do período que estamos cedidos à Delegacia de Capão da Canoa, onde igualmente um dos grandes problemas locais são as drogas”, comenta Alisson.

Segundo a delegada Sabrina Deffente, a investigação que identificou os integrantes da organização que estão envolvidos com tráfico, homicídios e um incêndio criminoso ocorrido em setembro do ano passado. As investigações levaram um mês. “Foi possível identificar os integrantes do grupo bem como alguns dos crimes que eles vinham praticando. Inclusive como forma de ganhar espaço na área, eles atearam fogo em uma residência para afugentar os moradores. As provas obtidas na ação de hoje (quinta-feira) consubstanciam as informações que já havíamos levantado sobre os grupos durante as investigações.

Foto: Polícia Civil

 

Deixe seu comentário