Foto: ACOM Câmara de Vereadores

Durante a cerimônia, foi entregue a placa de bronze com a Lei 15.288, que declara o município de Montenegro Capital Estadual e Berço da Bergamota Montenegrina

Com a presença de autoridades, convidados e comunidade em geral, ocorreu na manhã deste domingo, 21, a abertura oficial da XV da Festa da Bergamota em Campo do Meio, interior de Montenegro. O evento, que já faz parte do calendário municipal, é resultado de esforços e dedicação dos agricultores da localidade em produzir um dos maiores símbolo do município: a bergamota montenegrina.

Conforme a programação, um culto festivo foi realizado em agradecimento ao sucesso do evento que existe há 30 – oficialmente há 15 anos. Após, ocorreu o descerramento da faixa que marcou a abertura oficial da festa e emocionou o público presente. Entre as autoridades, estava o deputado estadual, Elton Weber (PSB), que entregou aos promotores do evento uma placa de bronze com a Lei 15.288, que declara o município de Montenegro Capital Estadual e Berço da Bergamota Montenegrina.

“Essa foi uma forma de dar o reconhecimento à família do seu João Edvino Derlam e pelo trabalho que ele fez há 40 anos atrás, trazendo a Bergamota Montenegrina que hoje se espalhou pelo estado e país”, salientou o deputado. “Além disso, também buscamos reconhecer o esforço e dedicação dos agricultores que trabalham e produzem críticos em Montenegro e região”, completou o parlamentar.

Para o presidente da Comunidade Evangélica de Campo do Meio, Adolfo Reinoldo Reinheimer, o momento é de celebrar e agradecer. “Nossa comunidade é o berço da Bergamota Montenegrina, o que para nós é uma grande benção”, disse o presidente, agradecendo a união da comunidade.

“Aqui nós temos os jovens, a Ordem Auxiliadora de Senhoras Evangélicas de Campo do Meio [Oase] e a comunidade em si que, juntos, colaboram para que as coisas deem certo. Como presidente, me sinto muito feliz e grato estar no meio disso tudo, porque se não a colaboração de toda a comunidade, nada disso seria possível e, assim, sobra um pouquinho para cada um e não dá muito para ninguém”, brincou Reinheimer.

Após a abertura, foi servido um almoço típico com carne de gado e de porco, galeto, saladas, galinhada e bolinho de aipim. Para deixar a tarde ainda mais alegre, teve baile com as bandas Santa Cruz e Barbarella.

Amanhã, 22, a programação segue com palestras técnicas gratuitas da Emater – abrindo Semana da Agricultura da Emater. Às 12h, terá almoço por R$ 35,00 na hora, e às 14h acontece a entrega da premiação e de brindes aos expositores.

Compartilhar

Deixe seu comentário