Foto: reprodução internet

Está aberto o período de inscrições para o preenchimento de 190 vagas temporárias do quadro de saúde da Brigada Militar. São 45 vagas de tenente para médicos e enfermeiros, e 145 para soldados, nível médio, com formação específica de técnicos em enfermagem.

As inscrições se estendem até o dia 22 de janeiro deste ano,  exclusivamente pelo site da Brigada Militar. Os editais foram publicados no Diário Oficial do Estado dessa terça-feira,7.

Os médicos serão contratados nas especialidades de medicina intensiva, cardiologia, clínica médica (medicina interna) e medicina de emergência. Há vagas para as cidades de Santa Maria e Porto Alegre.

A seleção para médicos e enfermeiros tem cinco etapas na fase inicial: exames de saúde, de aptidão física e avaliação psicológica – de caráter eliminatório. Além de prova de títulos e entrevista técnica – de caráter classificatório. Na fase intermediária é feita a investigação social do candidato e validação das inscrições. A fase final é a realização do curso de adaptação.

As vagas de técnicos em enfermagem são para Porto Alegre (120 vagas) e Santa Maria (25 vagas). A seleção tem quatro etapas na fase inicial: exames de saúde, de aptidão física e avaliação psicológica, de caráter eliminatório; e a entrevista técnica, de caráter classificatório. As fases intermediária e final seguem os mesmos moldes da seleção para médicos e enfermeiros. 

Os dois processos seletivos irão contratar pelo prazo de dois anos, podendo haver prorrogação por, no máximo, mais dois anos. Os contratados ficarão vinculados ao Regime Geral da Previdência Social e, no que couber, sujeitam-se às normas aplicáveis aos integrantes da Brigada Militar. A carga-horária semanal de trabalho prevista é de 40 horas.

Entre os requisitos para a seleção estão ser brasileiro; ter ilibada conduta pública e privada; estar em dia com as obrigações militares e eleitorais; não ter antecedentes criminais; não estar respondendo a processo criminal; ter a formação profissional ou técnica de acordo com os itens previstos no edital para a vaga pretendida, bem como o registro no devido conselho regional. Não há limite de idade.

 

 

Fonte: Ascom/EMBM

Deixe seu comentário