Fiat Toro reina no segmento que ela própria definiu, sendo um conceito entre utilitário e SUV

Pioneira. Fiat Toro é um carro na cidade e um SUV no interior

Dual Zone permite definir temperaturas diferentes para motorista e carona

Com toda a tranquilidade, a pick-up Fiat Toro pode ser definida como ‘única’. Isso porque a montadora italiana no Brasil arrojou para desafiar padrões, e, claramente atendendo a necessidade do público, praticamente definiu o segmento de camionete média. O gerente de vendas da Betiolo Fiat Montenegro, Geison Kunrath, define o veículo como “intermediário entre pick-up’s pequenas e grandes”.

Espaço interno característico das SUV’s

Conforto e leveza – garantidos com tecnologia de segurança, condução e economia – fazem a Toro deslizar nas ruas da cidade. Na rodovia, o motor responde rápido; e no chão batido a opção 4×4, altura do solo e ângulo de ataque garantem desempenho. Lançada em 2016, hoje lidera soberana (praticamente sem concorrentes), e registrou sua maior participação no mercado em outubro passado, com 6.912 unidades (21,8% do segmento e 2,9% do mercado).

Caçamba com capacidade de carga
de 1.000 kg pode receber extensor de 1,10 metro

Segundo Kunrath, na mesma data o modelo fechou 200 mil unidades vendidas no Brasil, em três anos. E para garantir a hegemonia conquistada através do pioneirismo, a linha 2020 chegou às lojas com novidades, alcançando agora nove versões do modelo. A novidade já disponível na loja da ERS-240 são as versões de entrada Endurance: motor 1.8 Flex com câmbio manual de cinco marchas; e a Endurance 2.0 Turbo Diesel, 4×4 e câmbio automático de nove marchas.

Acabamento no painel harmoniza central multimídia e o volante de multifunções

O gerente salienta que essas são opções pedidas pelo consumidor Fiat, que queria uma Toro com valor mais acessível. Em contrapartida, dezembro chega a “top de linha”: Fiat Toro Ultra 2.0, 4×4 Diesel. Essa não possui opções, pois vem fábricada com tudo que é oferecido em termos de design, tecnologia e conforto. Diferencial na tampa da caçamba em material rígido; assentos em couro preto bordado; estribo lateral, engate reboque; “santo-antônio” integrado e air-bags laterais. “São propostas diferentes. Ela é uma mistura entre utilitário e SUV”, segue definindo Kunrath.

Acabamento no painel harmoniza central multimídia e o volante de multifunções

Conceito de economia e praticidade
Compacta com porte intermediário, é feita inteiramente em monobloco e utilizando uma plataforma global da Fiat de origem na própria marca. A Fiat Toro 2020 não passa despercebida, especialmente sua dianteira com o sistema de luzes DRL e os delicados LEDs diurnos, associados ao visual robusto. Com 4,91 metros de comprimento, a imponência é qualificada pela estabilidade do entre eixos.

Faróis e luzes diurnas na frente robusta dão identidade

Quer mais pioneirismo? A Toro é a única do mercado cuja caçamba tem abertura dupla lateral, acabando com o incômodo da aproximação para carga e descarga. Ela é definida ainda por amplo espaço interno, ares-condicionados individuais, volante multifuncional, opção de usar o câmbio no manual com troca através de ‘borboletas’ no volante e multimídia com tela de 7 polegadas. Uma dos mecanismos para economia de combustível é o start/stop, que corta o motor em paradas longas e re-ativa ao leve toque no acelerador.

Deixe seu comentário