Foto: Arquivo Jornal Ibiá

Pilotos e público terão que esperar até 2021 para voltarem a curtir a Trilha do Carvão. Em razão da pandemia do novo coronavírus, o Jeep Motoclube Doguinhos adiou para o próximo ano a 7ª edição do evento que já é destaque nacional. Assim, a 7ª Trilha do Carvão agitará Brochier nos dias 30 e 31 de julho e 1º de agosto de 2021.

“A gente tomou essa decisão devido ao momento de incertezas. O momento que estamos vivendo é totalmente atípico”, afirma o presidente do Doguinhos, Fredi Haupenthal. “Logo quando estourou essa epidemia pelo mundo e começaram os primeiros casos no Brasil, a gente já teve algum receio no que isso poderia impactar no nosso evento”, revela. Fredi salienta que a opção por adiar o evento para 2021 e não para o final de 2020 se deu em respeito a outros eventos tradicionais do ramo que acontecem nessa época.

O presidente do Doguinhos reforça que a entidade sabe do impacto que a Trilha do Carvão tem para o comércio local, mas que, como a cidade praticamente dobra a sua população nos três dias de evento, isso também acaba aumentando a demanda de serviços de saúde. “A gente sabe que sempre aumenta um pouco da demanda em cima da saúde e a gente não pode fazer um evento desse porte no meio de um momento crítico principalmente para a área da saúde”, afirma.

“Vamos ter que aguardar mais um pouquinho para a 7ª edição”, resume Fredi. O presidente do Doguinhos salienta que o adiamento permitirá que o grupo se fortaleça para em 2021 fazer um evento para ficar marcado na história da cidade, do Estado e, por que não, do Brasil. Inclusive, grandes nomes do motociclismo nacional são presença confirmada no evento: Duda Parise, Patrick Gaspareto, Tiago Lopes e Jorge Negretti.

Deixe seu comentário