Retiradas ocorreram no Salão Paroquial

Este é mais um mês de junho com pandemia e sem a tradicional festa ao padroeiro São João Batista. Mas os festejos não estão passando em branco na paróquia que leva o nome do santo, em Montenegro. Desde a última terça-feira, dia 15, acontece a novena em honra ao homenageado; e, este domingo, 20, que seria o dia da festa, foi marcado por um almoço, apenas para retirada. Foram 520 unidades vendidas.

“A organização envolveu cerca de 20 pessoas, todas voluntárias. E também conseguimos algumas doações de ingredientes, como o aipim e parte do frango. São todas pessoas da comunidade que se reúnem para fazer”, destaca o coordenador do Conselho Pastoral Paroquial, Paulo Smaniotto. No sábado, a equipe deixou a carne de porco e o galeto picados e temperados para assar. No domingo, os trabalhos iniciaram às 4h da manhã para deixar tudo em ordem para a retirada dos almoços.

Nos dias da novena, o grupo também trabalhou bastante, vendendo pastéis, como já é tradicional, no horário das celebrações. Elas têm ocorrido com lotação restrita da catedral, mas também transmitidas ao vivo pelas redes sociais. Toda a arrecadação das atividades é revertida ao custeio das despesas da paróquia e também para o projeto de revitalização da catedral que, mais lento em função da pandemia, terá sua próxima fase com a troca de todos os bancos.

As celebrações à São João Batista terão seu ápice nesta quinta-feira, dia 24, com missa às 9h da manhã; e, após, benção de veículos em frente a catedral. E dentre os pedidos de graças feitos ao santo, um dos que mais pesa é o da Saúde. Que ela prevaleça e que tudo possa voltar ao normal com a maior brevidade possível para, em 2022, a festa voltar cheia de alegrias e de razões para celebrar. “O pessoal está louco para fazer de novo; para todo mundo se enxergar e, principalmente, para ver de novo o sorriso das pessoas”, pontua Smaniotto.

Deixe seu comentário