Cristina estava no cargo desde 2018

Novos caminhos. Ela irá assumir a pasta da saúde no município de Tupandi

A secretária da Saúde de Montenegro, Loreni Cristina Reinheimer, 50 anos, pediu exoneração do seu cargo, em que ocupa desde 2018. A gestora desocupará o cargo oficialmente na segunda-feira, 17, mesma data em que deve assumir a pasta da saúde no município de Tupandi.

Segundo Cristina, a ideia de deixar a chefia da pasta já vem de um período anterior, porém outros motivos a seguraram. “Eu não sai por causa da população, pela questão da pandemia e também pelos colegas de trabalho, que são pessoas que eu estimo demais. A minha equipe foi o que mais me segurou e fez com que eu ficasse na secretaria”, declara.

Além disso, ela ressalta que no momento a pandemia está mais branda, com pessoas positivadas com sintomas mais leves não necessitando tanto de internações. “Está tudo formado, eu deixei tudo pronto para que o próximo consiga atender. Então agora é só dar continuidade”, fala.

Diferente do que circula nas redes sociais, que Cristina estaria saindo por pressão da gestão, o motivo seria pessoal. “Eu acho que tava na hora de mudar de ares um pouquinho, não tem nada haver com gestão, foi uma decisão minha como pessoa”, diz.

O pedido de exoneração foi realizado na manhã dessa quinta-feira, 13, em uma conversa com o prefeito em exercício, Cristiano Braatz. Cristina relata que a conversa foi tranquila, e ela foi entendida. “Eu quero sair com tranquilidade, deixando a casa organizada, a casa em dia para que o próximo secretário que chegar, que vai sentar naquela cadeira, chegue tranquilo e faça um bom trabalho”, completa.

De acordo com Braatz, a gestão recebeu a notícia com surpresa. “Foi uma profissional da gestão anterior que a gente manteve pelo trabalho que ela desenvolveu, mas a gente tem noção de que ela está deixando uma pasta redonda. Ela fez um ótimo trabalho e agora a questão é a gente identificar o próximo nome”, fala. A expectativa é que após uma conversa com o prefeito Gustavo Zanatta o próximo secretário (a) seja nomeado a segunda-feira, 17.

Sobre a gestora

Enfermeira obstétrica de formação, Cristina já acumula mais de 27 anos de carreira, com várias especializações nas áreas de UTI, Obstetrícia e Bloco Cirúrgico. Ela já trabalhou simultaneamente nos hospitais Pompéia e Unimed de Caxias do Sul. Além disso, foi professora nas universidades UCS e Unisc, no próprio Hospital Pompéia e no curso técnico em Enfermagem do Hospital Montenegro, escreveu junto com colegas um manual de captação de órgãos e trabalhou para o Ministério da Saúde.

Com MBA em Gestão, comandou a secretaria da Saúde de Pareci Novo entre 2013 e 2016 e, na Prefeitura de Montenegro, está trabalhando desde agosto de 2017, recebendo o cargo de secretária um ano depois. Em uma entrevista ao Ibiá, em 2021, Cristina declarou a sua paixão pela área. “Enquanto eu puder permanecer e conseguir fazer saúde para ajudar as pessoas, continuarei. Isso é o que eu faço, e é o que eu pretendo fazer pro resto da minha vida”, fala.

Deixe seu comentário