As profissionais da educação da EMEI Emma Ramos de Moraes, Michele Marmitt; Franciele Silva; Neli da Silva e Márcia Eliza de Mello foram juntas ao Parque Centenário receber o imunizante

SMS também inicia a vacinação de apenados e pessoas em situação de rua

Montenegro iniciou a vacinação dos profissionais da educação contra a Covid-19 nesta segunda-feira, 7. A aplicação do imunizante da Oxford/Fiocruz está ocorrendo em formato drive-thru no Parque Centenário. Aproximadamente, 240 pessoas foram vacinadas nesta segunda. A expectativa é que 465 profissionais diretamente ligados a educação infantil recebam o imunizante.

Na abertura dos portões ao 12h diversos profissionais já esperavam pela vacina. Apesar da fila, a coordenadora da Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Patrícia Franz, conta que não houve aglomerações. “Os professores estavam ansiosos por esse momento. […] Eles chegam felizes pra se vacinar”, diz.

A auxiliar de serviços escolares na Emei Maria Laurinda Leindecker, Rosecler Luciana Mariano, levou um cartaz expressando o seu sentimento Foto: Dvulgação/Smec

Quem chegou muito alegre na hora da vacinação foi a auxiliar de serviços escolares na Emei Maria Laurinda Leindecker, Rosecler Luciana Mariano. Com um cartaz dizendo “gratidão” ela relatou se sentir muito feliz a agradecida. “Eu queria muito (vacinar) e me emocionei já quando minha diretora da Creche entregou a minha senha”, conta. Rosecler também deixa um recado para os colegas da educação: “que se vacinem, porque a vacina só nos fará bem e dará mais segurança”, fala.

Michele Marmitt

Algumas pessoas foram a pé ao Parque, mas grande maioria chegou em carros e aproveitou a carona de algum colega da mesma instituição. Esse foi o caso das assistentes e auxiliar de escola da EMEI Emma Ramos de Moraes, Michele Marmitt; Franciele Silva; Neli da Silva e Márcia Eliza de Mello.

Michele explica que todas estavam muito ansiosas por esse momento, e que foi satisfatório chegar ao local sem grande movimento. “Eu vim trazer a minha mãe, a minha tia e depois de novo a segunda dose, e era uma fila imensa, e assim está muito bem organizado, foi muito tranquilo”, concluí.

: A educadora Daiane Machado dos Santos conta que estava muito ansiosa pela vacina

Daiane Machado dos Santos, também foi acompanhada de mais três colegas, todas educadoras da Unidade de Educação Infantil Nilton Moreira. “Estava muito ansiosa pela vacina, a chegada desse momento. […] Estou sentindo esperança que tudo volte ao normal, e que a gente possa trabalhar normalmente com as nossas crianças todos os dias, que a nossa rotina volte ao normal, em breve”, completa.

A remessa de vacinas contra a Covid-19 distribuídas aos Municípios gaúchos desde a última sexta-feira, 4, permite um avanço ainda maior na vacinação na região. Conforme dados da 1ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), Montenegro recebeu 228 doses da vacina da Pfizer e 2.180 doses do imunizante da AstraZeneca. Com as doses foi possível dar início à vacinação de profissionais da Educação no Município.

Franciele Silva

A Secretaria Municipal da Saúde dará continuidade, na manhã desta terça-feira, 7, à vacinação dos professores e trabalhadores da Educação Infantil de Montenegro. Tanto os da rede pública quanto os da privada e aqueles ligados ao Lar do Menor devem comparecer ao Parque Centenário, das 8h às 12h, com documento de identidade (contendo CPF) e a senha que receberam nas escolas. Já na quarta, o processo avança com a imunização dos educadores de 1º e 2º anos do Ensino Fundamental, das 8 às 16h. Se chegarem novas vacinas, os de 3º e 4º anos também serão imunizados ainda esta semana.

Neli da Silva

Vacinação chega a presos e moradores de rua

Além dos profissionais da educação, o Executivo informa que está prevista para os próximos dias, mediante agendamento pelos telefones 3632-0138 e 99714-1078, a vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades e indicação médica, com comprovante. A aplicação para este público, porém, será feita na sede da Vigilância Sanitária.

Márcia Eliza de Mello

De acordo com a secretária Cristina Reinheimer, as equipes também vão iniciar a vacinação dos apenados na Penitenciária Modulada de Pesqueiro e dos presos do regime semiaberto, no Instituto Penal. Da mesma forma, começam a ser abordados os moradores em situação de rua, incluindo aqueles que são atendidos no Recreo e na Fazenda São Francisco.

Ao longo de toda a semana, no Parque, ainda continua a aplicação da segunda dose da Oxford/Fiocruz e da Coronavac/Butantan em quem não completou o sistema vacinal mesmo estando apto. De acordo com a Prefeitura, a imunização das pessoas com mais de 18 anos que possuem alguma comorbidade ou deficiência foi praticamente concluída. Contudo, se alguém que se encontra nesta condição ainda não foi atendido, pode se dirigir ao Centenário para receber a injeção.

Pareci Novo e São José do Sul iniciam vacinação da população em geral

Em São José do Sul a remessa de 55 doses da vacina da AstraZeneca e 12 do imunizante da Pfizer permitiu que o Município iniciasse na segunda-feira, dia 7, a vacinação da população em geral acima dos 50 anos. A aplicação da vacina para esse grupo ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no Centro de Saúde.

Para Pareci Novo as 18 doses da vacina da Pfizer e 125 doses da vacina da AstraZeneca também permitiram o avanço da vacinação. Entre os novos grupos a serem contemplados estão os de motoristas do transporte coletivo e caminhoneiros e também população em geral de 55 anos ou mais. A vacinação deste grupo será realizada mediante agendamento prévio pelo telefone (51) 363639112 das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30.

Para Brochier foram destinadas 18 doses da vacina da Pfizer e outras 130 do imunizante produzido pela Fiocruz. O Município seguirá com a vacinação do grupo de pessoas com comorbidades e de trabalhadores da área da Educação e também pretende avançar na imunização de profissionais do transporte de passageiros e caminhoneiros. Pessoas que integram esses grupos podem agendar sua vacinação pelo número 3697-3073 ou pelo aplicativo WhatsApp pelo número 9 9245-2543.

Maratá recebeu 90 doses do imunizante produzido pela Fiocruz e outras 12 da vacina da Pfizer. No Município estão sendo vacinados motoristas profissionais do transporte coletivo e de caminhões, bem como pessoas dos grupos anteriores que ainda não receberam a primeira dose do imunizante. (ARH)

Deixe seu comentário