Rio Grande do Sul recebeu nesta segunda-feira mais uma remessa de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford. FOTO: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

Municípios da região já receberam doses para iniciar a imunizar esse grupo

O Rio Grande do Sul recebeu, na segunda-feira, dia 3, mais 413.750 doses da vacina da AstraZeneca/Oxford, imunizante produzido no Brasil pela Fiocruz, para avançar na vacinação das pessoas com comorbidades. Chegaram também ao Estado 32.760 doses vacinas da Pfizer/Biontech, que serão aplicadas na Capital.

Antes disso, na última quinta-feira, dia 29 de abril, foram recebidas pelo Rio Grande do Sul 353.750 doses da AstraZeneca junto com outras 7.200 doses da CoronaVac – produzida pelo Instituto Butantan. As doses da vacina produzida pela Fiocruz, que foram distribuídas na última sexta-feira, dia 30 de abril, permitiram que os Municípios da região de cobertura do Jornal Ibiá dessem início à vacinação de um novo grupo prioritário na campanha nacional de imunização contra a Covid-19: pessoas com comorbidades.

Ainda no sábado, dia 1º, chegaram a Porto Alegre 22.800 doses da Coronavac. Essas doses devem ser distribuídas com as 7.200 doses do mesmo fabricante recebidas durante a semana passada. O imunizante será utilizado para a segunda aplicação em quem já recebeu a primeira dose há 28 dias ou mais.

“Com as novas doses da AstraZeneca, vamos conseguir avançar bastante nas comorbidades”, afirma a secretária estadual da Saúde, Arita Bergamann. “Nossa expectativa é vacinar todas as comorbidades ainda em maio”, reforça. No Rio Grande do Sul, o público-alvo estimado desse grupo é de pouco mais de 1 milhão de pessoas.

Quem está no grupo de comorbidades a ser vacinado agora
Pessoas de qualquer idade que tenham:

– Síndrome de Down
– Doenças renais crônicas (em diálise)
– Gestantes e puérperas (com comorbidades)

Pessoas de 55 a 59 anos que tenham:

– Diabetes
– Hipertensão
– Câncer
– Pneumopatias
– Doenças coronarianas
– Imunossuprimidos
– Doenças renais
– Doenças cardiovasculares
– Hemoglubinopatias
– Obesidade (grau 3)
– Cirrose hepática

Pessoas de 55 a 59 que tenham:
– Deficiência Permanente e que estejam cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC)

Novas vacinas recebidas permitem que pessoas com comorbidades passem a ser vacinadas. FOTO: Arquivo/Jornal Ibiá

Montenegro inicia nesta terça-feira vacinação do novo grupo prioritário
A Prefeitura de Montenegro inicia nesta terça-feira, dia 4, a vacinação de pessoas com comorbidades. Esse grupo deverá procurar os postos de saúde do Município para receber a aplicação da primeira dose. A decisão leva em conta a necessidade de recadastrar os usuários e atualizar informações exigidas pelos protocolos do Estado e do ministério da Saúde. Quando chegar o momento, as doses de reforço serão administradas no sistema drive-thru.

Para receber a vacina, os pacientes com comorbidades devem ir até sua unidade de referência (o posto de saúde mais próximo de sua casa). Eles devem estar munidos de cópias da Carteira de Identidade com CPF ou da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e comprovante de residência. Também será necessário apresentar um comprovante da doença, como laudo, receita de medicamentos de uso contínuo ou atestados médicos.

De acordo com a secretária municipal da Saúde, Cristina Reinheimer, a atualização das informações cadastrais é fundamental para garantir que pessoas sem direito às vacinas, nesta etapa, sejam atendidas irregularmente. “Por isso, optamos pelos postos, porque lá poderão fazer tudo de uma só vez. No sistema de drive-thru seria impossível conferir documentos e preencher formulários”, explica.

Idosos com mais de 60 anos que, por algum motivo, não buscaram ainda a primeira dose, têm duas opções: podem ir ao drive-thru do Parque Centenário, das 8h ao meio-dia, ou aos postos de saúde a que estão referenciados para receber o imunizante. O drive-thru do Parque Centenário seguirá em operação, das 8h ao meio-dia porque, nesta terça-feira, começa a aplicação da segunda dose da Oxford/Fiocruz para quem recebeu a primeira injeção há 90 dias.

Onde se vacinar em Montenegro

ESF 1 GERMANO HENKE – das 8h ao meio-dia e das 13h às 16h
ERS-124, 3.952, bairro Germano Henke
Telefone: 3649-4360

ESF 2 ESPERANÇA – das 8h ao meio-dia e das 13h às 16h
Rua Tietê, 240, bairro Esperança
Telefone: 3649-3529

ESF 3 INDUSTRIAL – das 8h ao meio-dia e das 13h às 16h
Rua José Luiz, 1.050, bairro Industrial
Telefone: 3632-9532

ESF 4 SANTO ANTONIO – das 8h às 18h
Rua Getúlio Vargas, 1.323, bairro Santo Antônio
Telefone: 3632-0460

ESF 5 CENTENÁRIO – das 8h ao meio-dia e das 13h às 16h
Rua Alberto Gottseelig, S/Nº, bairro Centenário
Telefone: 3632-3704

ESF 6 TIMBAUVA – das 8h às 18h
Rua Campos Netto, 177, bairro Timbaúva
Telefone: 3632-3102

ESF 7 CENTRO – das 8h ao meio-dia
Rua Ramiro Barcelos, 2.672, bairro Centro
Telefone: 3632-8444

Brochier recebeu 380 doses
Conforme a 1ª CRS, Brochier recebeu, ainda nesta sexta-feira, dia 30 de abril, 170 doses do imunizante da AstraZeneca. Dessas, 80 são destinadas para completar a vacinação de idosos de 60 anos ou mais. As demais 90 doses serão utilizadas para começar a vacinação de pessoas com comorbidades. Ainda nesta terça-feira, o município poderá retirar 190 doses da AstraZeneca para o grupo de pessoas com comorbidades e 20 referentes a segunda dose da CoronaVac.

De acordo com a secretária municipal de Saúde e Assistência Social de Brochier, Mônica Aline Kerber Neis, pacientes com comorbidades que se encaixarem no primeiro grupo dessa fase a ser imunizado poderão agendar seu momento de vacinação pelo telefone 3697-3073 ou pelo aplicativo WhatsApp através do número 9 9245-2543. “Eles devem estar cientes dos requisitos, apresentando comprovante da comorbidade – que pode ser receita médica ou laudo médico”, destaca.

225 doses para Maratá
Maratá recebe, conforme a 1ª CRS, 95 doses da AstraZeneca nessa nova remessa. São 35 imunizantes para concluir a vacinação de idosos até 60 anos e outros 60 para dar início na imunização de pessoas com comorbidade. Nesta terça o Município deve retirar mais 120 doses da AstraZeneca e 10 da CoronaVac para reforço da segunda dose.

Conforme a secretaria municipal de Saúde, a vacinação está ocorrendo através de agendamento com horário definido. A vacina pode ser marcada através do número 9 9699-7722.

Para Pareci Novo foram 295 doses
Nessa nova remessa de doses, Pareci Novo receberá 50 doses da vacina da AstraZeneca para primeira aplicação em idosos e outras 75 do mesmo imunizante para iniciar a vacinação de pessoas com comorbidades. Além disso, também serão encaminhadas 160 doses destinadas ao grupo de pessoas com comorbidades e 10 para reforço da segunda dose da CoronaVac.

De acordo com o secretário municipal de Saúde e Assistência Social de Pareci Novo, Rafael Soares de Souza, a vacinação de pessoas que se encaixam nesse novo grupo prioritário ocorrerá por meio de agendamento. Esse agendamento pode ser feito pelos telefones 3633-9112 e 3633-9048.

185 doses destinadas para São José do Sul
Para São José do Sul, de acordo com a 1ª CRS, serão enviadas 35 doses para a primeira aplicação em idosos até 60 e outras 45 para o início da vacinação do grupo de pessoas com comorbidades. O município também recebe nesta terça 95 doses para pessoas com comorbidades e 10 doses da CoronaVac para reforço.A secretaria municipal de Saúde, Saneamento e Assistência Social realizará a vacinação de pessoas com comorbidades a partir de agendamentos, que devem ser feitos pelos números 3614-8129 ou 3614-8076.

A secretária de Saúde, Saneamento e Assistência Social de São José do Sul, Rosimar Schely Rech, reforça que serão vacinados nessa fase pessoas com Síndrome de Down; pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), independente da idade; gestantes e puérperas com comorbidades; pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos; e pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

Deixe seu comentário