César Augustinho Schneiders foi a primeira pessoa a receber uma dose da vacina contra a Covid-19 em Pareci Novo

Foi com felicidade e emoção que o motorista da secretaria municipal de Saúde e Assistência Social de Pareci Novo César Augustinho Schneiders, 53 anos, recebeu o convite para ser a primeira pessoa a receber uma dose da CoronaVac – vacina contra a Covid-19 produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac – no Município. Ele está na função há 21 anos e faz parte da linha de frente no combate à pandemia do novo coronavírus transportando pacientes e também exames para análise.

Além de César, a técnica de enfermagem Deise e outras duas colegas também receberam doses da CoronaVac

“Estava na ‘guerra’ e não via a hora de fazer (a vacina). Estamos dentro do bombardeio, que bom que veio a vacina”, comemorou o motorista. Ele recebeu a dose do imunizante numa cerimônia simbólica realizada na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Centro no final da tarde desta quarta-feira, dia 20. Além dele, também foram imunizadas a enfermeira Simone Dresch, a técnica de enfermagem Deise Adriana Hans e a médica Aylin Los Angeles Pena.

De acordo com o secretário de Saúde e Assistência Social de Pareci Novo, Rafael Soares de Souza, o Município recebeu do Estado 54 doses da vacina fornecida pelo ministério da Saúde. Com elas, serão vacinados 32 idosos e profissionais de uma Instituição de Longa Permanência (ILP) estabelecida no Município e 22 profissionais da linha de frente no combate à Covid-19. “Amanhã (quinta-feira), às 10h, pretendemos realizar a vacinação no lar de idosos e imunizar outros profissionais de saúde”, revelou.

“É o ponta-pé inicial. É um pouco simbólico (o momento), mas extremamente importante”, avaliou Rafael. O secretário observou que o início da vacinação dá esperança e também abre a expectativa por vir doses da vacina para imunizar outros grupos.

Até esta quarta-feira, Pareci Novo registrou 257 casos positivos de Covid-19. Desses, 246 são dados como recuperados. Há ainda o registro de um óbito pela doença.

Chegada das doses da vacina e início da imunização de idosos em ILPs e profissionais de saúde é sopro de esperança

Deixe seu comentário