Os equipamentos ajudarão na expansão de leitos de UTI no Estado Foto: Divulgação/JBS

Em ato simbólico realizado no Palácio Piratini, na tarde de terça-feira, 16, o governador Eduardo Leite recebeu a doação de dez respiradores da empresa JBS para o Estado. Os equipamentos reforçarão a expansão de leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) para atendimento de pacientes com Covid-19. Essa nova doação da empresa faz parte do seu programa de responsabilidade social, “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”.

O governador destacou que a doação significa uma injeção de ânimo diante do cenário crítico que o Estado vive em relação ao número de internações. “Além da relevância dos aparelhos para ajudar a salvar vidas, existe um valor simbólico nesta doação, que é a comprovação de que não estamos sozinhos na luta contra a pandemia”, disse. A secretária de Saúde, Arita Bergmann, explicou que os aparelhos doados já estão incluídos na programação de ampliação da capacidade de atendimento em UTI adulta para os próximos dias, que deve chegar a 183 novos leitos.

“As doações da JBS atendem a necessidades emergenciais do sistema de saúde do Rio Grande do Sul, que foram identificadas junto às autoridades locais. Desde o ano passado, temos ajudado o Estado no enfrentamento à pandemia e temos confiança de que estamos contribuindo para a construção de um legado permanente para a saúde pública gaúcha quando tudo isso passar”, diz Fernando Meller, diretor executivo de Gente e Gestão da JBS. No Rio Grande do Sul, a JBS doou R$ 21,7 milhões, sendo R$ 10 milhões para o Estado e R$ 11,7 milhões para 37 municípios gaúchos, beneficiando mais de 3 milhões de pessoas.

Além dessa doação, no último final de semana chegaram mais 60 respiradores adquiridos pelo Estado e que já começaram a ser distribuídos para hospitais do interior. Na segunda-feira, 15, outros 40 respiradores enviados pelo Ministério da Saúde também chegaram ao Rio Grande do Sul.

Deixe seu comentário