FOTO: Gerard Julien/AFP

O presidente da Associação de Municípios do Vale do Caí (Amvarc) e do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Caí (Ciscaí), Carlos Alberto Fink (Lico), que também é prefeito de Harmonia, enviou nessa quinta-feira, dia 9, um ofício ao Ministério da Saúde solicitando kits para tratamento precoce dos casos de Covid-19. A intenção é que os medicamentos, entre eles a cloroquina, sejam disponibilizados para as prefeituras da região.

Conforme Lico, a decisão de solicitar os remédios veio em uma reunião realizada na última terça-feira,7, da qual participaram mais de 70 pessoas, entre prefeitos, secretários de Saúde e médicos da região. “A intenção é disponibilizar os medicamentos nas farmácias municipais. Mas os médicos é que deverão decidir pelo seu uso ou não, conforme as condições de cada paciente. E com a concordância de ambas as partes”, explica o gestor. “Esses medicamentos serão entregues somente com receita médica”, enfatiza.

Segundo o presidente da Amvarc, além do aumento de casos de coronavírus na região, o pedido ao Ministério da Saúde ganhou urgência nesta semana com a cheia do Rio Caí. “As águas do rio afetaram diversos municípios e desalojaram dezenas de famílias, principalmente em São Sebastião e Montenegro”, explica Lico. Ele lembra que há pessoas mais expostas à doença, desde os que foram para alojamentos comunitários ou casas de familiares até as equipes que estão trabalhando na linha de frente. “Como dirigentes, nós precisamos colocar todas as opções à disposição dos médicos”, conclui o prefeito de Harmonia.

Compartilhar

Deixe seu comentário