Trabalhei durante 9 anos, 11 meses e 15 dias numa grande empresa petroquímica. Era operador de sala de controle, controlava toda planta pelo teclado do computador. Estava no topo do meu cargo, tanto profissional quanto financeiramente. Faltando 15 dias para completar 10 anos de empresa entrei na sala do Gerente e pedi demissão.

Ele me olhou dos pés a cabeça, fez muitas ponderações, algumas ameaças, mas a decisão já estava tomada. Deixei para trás bons amigos, uma estabilidade, Fundo de Garantia e mais alguns direitos trabalhistas.
Quinze dias depois estava começando em outra grande empresa do Polo Petroquímico, onde um ano depois era promovido a Supervisor de Produção. Fiquei lá por mais vinte anos, me aposentei, ensinei uma geração de técnicos em petroquímica e deixei um legado de amizades que é a única coisa que sinto falta hoje em dia do chão de fábrica.

As mudanças em nossas vidas, via de regra, são benéficas. As vezes é necessário mudar o rumo para não deixar a rotina, a desmotivação ou a falta de objetivos nos derrotar. Um homem sem objetivo vira uma planta. Vira uma máquina, sem sentimento. Sem foco, definhamos e morremos.

Atualmente tomei outra decisão de mudança. Saí do Facebook. Faz alguns meses.

Foi uma epopeia, mas consegui. Exclui meu perfil. Tente você sair, para ver como é quase impossível. Ele ( O Facebook) se agarra em você, faz mil perguntas, mil ponderações, mil ameaças, mais até que meu antigo gerente. Você tem certeza que quer sair? Quem sabe apenas suspende? Olhe bem você não vai entrar em mais nada, não vai saber a vida de seus amigos? Olha, estou te avisando depois não tem volta. Você vai precisar de e-mail, WhatsApp. Pense bem. Meu Deus, é uma praga.

Mas consegui, me libertei. Que rede social bem tóxica tornou-se este Face. Alguns usam de divã, outros para destilar suas frustrações, suas derrotas e atacam, mentem, denigrem, acusam. Leões do teclado e gatinhos na vida real, a rede deu voz a uma multidão de imbecis que não resistem a uma consulta no CPF para vermos que hipocrisia é brejo.

Menos mal que hoje em dia os crimes virtuais não ficam mais impunes e uma ata notarial mais um BO coloca caluniadores e mentirosos no seu devido lugar. Opinião é uma coisa, acusação e jogar palavras ao vento jogando para torcida é outra. A esses responderemos com trabalho e verdade.

Tá, tem coisa boa no Face, pessoas legais, perfis maneiros, boa informação, bom conteúdo. Sim tudo isso é verdade, mas colocando na balança, resolvi mudar. Talvez volte um dia, não descarto a possibilidade, mas por hora a mudança me fez bem. Como disse, mudanças fazem bem.

Correção de rumos, realinhamento de objetivos, revisão de metas, busca de novos ares, novos desafios enfim, tudo isso faz parte tanto da vida profissional privada quanto pública.

É assim que encaro as recentes mudanças na administração. Sem entrar no mérito dos motivos desejo sucesso a quem saiu e o mesmo para aqueles que estão assumindo.

O mais importante em tudo isso é que nosso foco e projeto permanecem com o objetivo de prestar o melhor serviço e entregar respostas à população para suas demandas diárias. Foi assim na recente crise do lixo, onde em quatro dias conseguimos equacionar um enorme transtorno causado pelo abandono da empresa responsável pelo recolhimento. Temos um baita time e deixo aqui meus parabéns a todos envolvidos.

Deixe seu comentário