Estava lendo textos sobre São Jorge. É um santo muito cultuado no Brasil e em diversos outros países. Não há provas concretas de sua existência. Talvez por isto a Igreja Católica já tentou diminuir sua importância.

O papa Paulo VI tentou retirá-lo das festividades oficiais da Igreja. O recém falecido Dom Paulo Arns ficou sabendo disso e marcou uma audiência com o papa para pedir que o Santo fosse mantido. Disse que o povo brasileiro ficaria revoltado porque havia muitos devotos por aqui. E como bom corintiano, Dom Paulo completou: e São Jorge é o padroeiro do Corinthians, que anda perdendo para todo mundo! Peço encarecidamente que o santo guerreiro volte a ser prestigiado como antes. O papa teria respondido: está certo, nunca podemos ficar contra o povo.

O relato sobre a vida de São Jorge conta que ele foi um soldado romano importante, herdou muitos bens da esposa e, quando esta faleceu, distribuiu todos os seus bens aos pobres. Converteu-se ao cristianismo e foi perseguido e torturado por isto.

E por que o dragão? Conta o relato que, na Líbia, havia um dragão que impedia as pessoas de saírem da cidade. Ele comia todas as ovelhas e, quando estas acabaram, exigia que todas as meninas fossem ofertadas a ele. O dragão exalava um vapor venenoso e seu corpo era coberto de escamas onde lança nenhuma conseguia penetrar.

Quando a última menina, filha do rei, estava para ser sacrificada, o soldado Jorge apareceu, convenceu as pessoas que traziam a vítima a voltar para casa e enfrentou o dragão. Escondeu-se atrás de uma laranjeira para escapar do vapor venenoso e, quando o dragão deu um urro ensurdecedor, enterrou sua lança dentro da boca da fera e acabou com ele. Depois desenhou uma cruz no seu braço com o sangue do dragão.

São Jorge depois se mudou para a Inglaterra, onde viveu até o fim da vida. E casou com a princesa que salvou, é claro! É muito cultuado entre os ingleses e sua cruz vermelha está impressa na bandeira daquele país. Curiosidade: a bandeira inglesa é branca com a cruz vermelha de São Jorge no meio. A bandeira da Escócia é azul com um X na cor branca. É conhecida como cruz de Santo André. E uma das bandeiras antigas da Irlanda do Norte era branca com um X vermelho. E a bandeira do Reino Unido é uma sobreposição das três bandeiras. Certamente na tentativa de manter unidos os seus povos que já guerrearam muito entre si.

E continuam não se entendendo muito bem, sobre o Brexit por exemplo.

O santo guerreiro também foi tema da novela da Globo, Salve Jorge, e Caetano Veloso compôs a música Lua de São Jorge. Sua oração mais famosa tem trechos na letra da música: Eu andarei vestido e armado com as armas de Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me alcancem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal.

Não sei porque me lembrei de São Jorge. Talvez porque, para enfrentar a crise horrorosa em que estamos metidos no Brasil e no mundo, só contando com um santo poderoso e guerreiro para nos ajudar!

 

Waldir João Kleber
Presidente da ACI Montenegro

Compartilhar

Deixe seu comentário