Iniciamos um novo Ano Litúrgico. Celebrando o 1º Domingo do Advento queremos viver esta feliz espera do Senhor. O Evangelho (Lc 21,25-28.34-36) deste domingo coloca-nos diante de uma certeza fundamental: “o Senhor vem”. A nossa caminhada humana não é um avançar sem sentido ao encontro do nada, mas uma caminhada feita na alegria ao encontro do Senhor que vem. Não se trata de uma vaga esperança, mas de uma certeza baseada na palavra infalível de Jesus. O tempo de Advento recorda-nos a realidade de um Senhor que vem ao encontro dos homens e que, no final da nossa caminhada por esta terra, nos oferecerá a vida definitiva, a felicidade sem fim.

O tempo do Advento é, também, o tempo da espera do Senhor. O Evangelho deste domingo diz-nos como deve ser essa espera… A palavra mágica é “vigilância”: o verdadeiro discípulo deve estar sempre “vigilante”, cumprindo com coragem e determinação a missão que Deus lhe confiou. Estar “vigilante” não significa, contudo, preocupar-se em ter sempre a “alminha” limpa para que a morte não o apanhe com pecados por perdoar; mas significa viver sempre ativo, empenhado, comprometido na construção de um mundo de vida, de amor e de paz. Significa cumprir, com coerência e sem meias palavras, os compromissos assumidos no dia do batismo e ser um sinal vivo do amor e da bondade de Deus no mundo. É dessa forma que eu tenho procurado viver?

Em concreto, estar “vigilante” significa não viver de braços cruzados, fechado num mundo de alienação e de egoísmo, deixando que sejam os outros a tomar as decisões e a escolher os valores que devem governar a humanidade; significa não me abdicar das minhas responsabilidades e da missão que Deus me confiou quando me chamou à existência… Estar “vigilante” é ser uma voz ativa e questionante no meio dos homens, levando-os a confrontarem-se com os valores do Evangelho; é lutar de forma decidida e corajosa contra a mentira, o egoísmo, a injustiça, tudo aquilo que rouba a vida e a felicidade a qualquer irmão que caminhe ao meu lado… Como me situo face a isto?

O nosso Evangelho recomenda especialmente a “vigilância” aos “porteiros” da comunidade – isto é, a todos aqueles a quem é confiado o serviço de proteger a comunidade de invasões estranhas. Todos nós a quem foi confiado esse serviço, sentimos o mandato de cuidar com amor dos irmãos que Deus nos confiou, ou abdicamo-nos das nossas responsabilidades e deixamos que o comodismo e a preguiça nos dominem? Quais são os nossos critérios, na filtragem dos valores: os nossos interesses e perspectivas pessoais, ou o Evangelho de Jesus?
Pe. Diego Knecht

PROGRAMAÇÃO
26.11.2021 – Sexta-feira
18h30 – Missa na Catedral
19h – Terço na Com. Nª Sra. do Perpetuo Socorro
27.11.2021 – Sábado
15h30 – Missa na Com. Espírito Santo
17h – Missa na Catedral
17h30 – Missa na Com. Nª Sra. Aparecida
18h30 – Casamento na catedral
19h – Missa na Com. Santos Reis
28.11.2021 – Domingo
7h- Missa na Catedral
8h30 – Missa na Com. São José do Maratá
8h30 – Missa na Com. Santo Alberto Magno
9h – Missa na Catedral**
10h – Missa na Com. Nª Sra. do Perpetuo Socorro
10h – Missa Festiva na Com. Nª Sra.das Graças
18h – Missana Catedral
29.11.2021 – Segunda-feira
20h – Terço na Com. Nª Sra. das Graças **
30.11.2021 – Terça-feira
18h30 –Missa na Catedral com benção da saúde
1.12.2021 – Quarta-feira
18h30 –Missa na Catedral
20h – Missa na Catedral
2.12.2021 – Quinta-feira
18h30 –Missa na Catedral
18h30 – Terço na Com. Nª Sra. do Rosário

Somente as missas das 9h, aos domingos, estão sendo transmitidas pelas redes sociais;
** com transmissão ai vivo via Facebook da paróquia, pela rádio América Am 1270 e YouTube – Catedral São João Batista – Montenegro/RS.

Deixe seu comentário