Neste quinto Domingo da quaresma, a Igreja nos apresenta a terceira e última grande catequese em preparação daqueles que serão batizados na Noite Santa da Páscoa. Mesmo os que já receberam o batismo celebram e renovam este grande dom recebido. A título de recordação, a primeira grande catequese foi no terceiro Domingo da quaresma, com o diálogo de Jesus e a samaritana, apresentando a nós o grande símbolo batismal da água e da vida nova. A segunda grande catequese foi a cura do cego de nascença no Domingo passado, com os símbolos da luz e da unção. Até mesmo o batismo no início do cristianismo era chamado de “iluminação”. Neste último Domingo deste tempo de conversão, a Igreja nos apresenta Cristo como ressurreição e vida.
Em Jo 11, 1-45 está a narrativa da ressurreição de Lázaro, evangelho deste Domingo. Tudo acontece no contexto de uma família composta por três irmãos: Lázaro, Marta e Maria, muito amigos do Senhor. Jesus estava longe e retorna à Betânia quatro dias após a morte de Lázaro, ou seja, Marta e Maria não tinham esperanças de que Jesus pudesse fazer algo, pois o corpo já estava no sepulcro, fechado por uma pedra, em decomposição e já cheirava mal (v. 39). Mas Jesus disse a Marta (v. 25 e 26): “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá”.Com estas palavras Jesus revela-se como o Deus dos vivos, não dos mortos (Cf. Mt 22, 32), ou seja, todo aquele que é seu amigo, como Lázaro o foi, mesmo que venha a morrer, vive! Pois vive no Senhor, que é ressurreição e vida.
São Pedro Crisólogo, doutor da Igreja (séc. V) nos ensina que “era necessária a morte de Lázaro para que, estando Lázaro no sepulcro, ressuscitasse a fé dos discípulos”. Isto Jesus afirma em Sua oração ao Pai (v. 42):“[…] mas falo assim por causa do povo que está em roda, para que creiam que tu me enviaste”. Por isso, a fé que recebemos no Batismo já é ressurreição e vida, pois todo aquele que crê em Cristo não morrerá jamais! Jesus ressuscita Lázaro como um sinal para que creiamos e comecemos a viver já hoje a vida eterna, a vida em Deus, ou “a vida segundo o Espírito” conforme nos ensina São Paulo na segunda leitura (Rm 8, 9).
Outro ponto importante é que a fé na ressurreição não anula a dor da perda de alguém próximo, pois o próprio Senhor chorou a morte do amigo Lázaro (v. 35). Mas, para aquele que tem fé, a morte ganha tons de esperança, de vida eterna. Para aquele que não crê, a morte acaba sendo “o fim da linha” e o desespero, não raro, domina o coração. Por isso, sejamos amigos do Senhor, creiamos Nele, na Sua Palavra, no Batismo que recebemos em Seu nome. Que possamos professar a fé como Marta professou (v. 27): “Eu creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, aquele que devia vir ao mundo”.
Então, com estas três longas catequeses tiradas do evangelho segundo São João, temos clareza do que significa o sacramento do batismo: Participação na morte e ressurreição de Cristo pela água, iluminação, unção, perdão dos pecados, ressurreição pela fé e incorporação como amigos/irmãos de Cristo no corpo místico da Igreja. Mesmo não podendo nos reunir neste Domingo em comunidade em razão da pandemia, vivamos com empenho nossa vocação batismal.
Pe. João Vítor Freitas dos Santos
COMUNICAÇÕES
As missas são celebradas todos os dias da semana, de modo privado, sem presença de fiéis, em favor do povo paroquial. Transmissão pela fanpage da paróquia no Facebook: https://www.facebook.com/catedralmontenegro/; Neste período intenções para as missas podem ser solicitadas pelo telefone e e-mail abaixo citados.
Aos domingos iremos celebrar somente as 9h na catedral de modo privado, somente participará a equipe de liturgia. Pedimos que quem quiser acompanhar a missa da paróquia, pode fazê-lo pela rádio América 1270 AM, e também pelo facebook da paróquia https://www.facebook.com/catedralmontenegro/a fim de que ninguém fique sem o alimento espiritual da Palavra de Deus. OU pelas emissoras de televisão católica;
A catedral está fechada até segunda ordem. A secretaria paroquial está fechada e funciona na modalidade plantão. Intenções de missa, sepultamentos e atendimentos pelos telefones: 3632-1196 e 98437-0817 (WhatsApp), pelo e-mail: secretaria@psjb.org.brou pelas redes sociais da paróquia.

Deixe seu comentário