Queridos irmãos e irmãs, a liturgia deste Domingo nos mostra, mais uma vez, que a lógica de Deus é diferente da nossa. Os pensamentos de Deus não são os nossos. Nós procuramos glória, prestígio, sucesso e aplausos; Deus, ao contrário, toma um caminho oposto, nos deixando verdadeiramente desconcertados com suas opções. Por isso, a primeira premissa que uma pessoa deve ter em sua mente e coração quando procurar a Deus, é de que geralmente Ele não está onde se pensa que esteja. Muitas pessoas o procuram em grandes sinais e milagres, outros como um ‘solucionador’ de problemas financeiros, um médico, um supermercado de graças, etc. Ao contrário de tudo isso, a primeira leitura, de Isaías 53, 10-11, nos apresenta um “servo sofredor”, um homem de sofrimentos que oferece sua vida em expiação. Assim está escrito: “Meu Servo, o justo, fará justos inúmeros homens, carregando sobre si suas culpas”.

No evangelho de Marcos 10, 35-45, os discípulos, de modo especial Tiago e João, não haviam compreendido a lógica de Deus e buscavam um lugar de honra e distinção junto à glória do Reino de Deus, que eles pensavam ser à semelhança dos pomposos reinos humanos. Jesus usa as imagens do cálice e do batismo para aludir sobre a hora da realização plena do Reino de Deus, onde ‘sentaria’ no trono da Cruz, receberia a coroa de espinhos, e seria aclamado Rei dos judeus. Vale lembrar que Jesus usa a expressão ‘cálice’ no horto das oliveiras (Lc 22, 39-45) para falar da cruz. Os discípulos não compreenderam que a glória de Deus e o seu Reino nascem no sofrimento e entrega total de vida. Jesus aprofunda a questão dizendo: “quem quiser ser grande, seja vosso servo; e quem quiser ser o primeiro, seja o escravo de todos. Poque o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida como resgate para muitos”.

Algumas palavras despontam destes textos: Sofrimentos, expiação, cálice, servo/escravo e resgate. Onde existem estas realidades, aí está Deus. Deus está no sofrimento dos nossos irmãos e irmãs, e a forma de servi-Lo é através deles. Deus constantemente expia nossos pecados, basta-nos o arrependimento. Deus está no cálice, ou seja, na Eucaristia, que é o memorial da cruz. Deus está presente quando nos colocamos a serviço dos que precisam e promovemos vida integral e, por fim, em todas as ações que visam o resgate do ser humano, que promovem uma vida digna e restaurada, Deus aí está! Feliz é aquele(a) que encontrou Deus, pois verdadeiramente encontrou tudo. A segunda leitura, de Hebreus 4, 14-16, é, por fim, um convite a não termos medo de nos aproximarmos deste Deus: “Aproximemo-nos então, com toda a confiança, do trono (cruz) da graça, para conseguirmos misericórdia…” Assim Jesus, O Justo, nos tornará justos.
Pe. João Vítor Freitas dos Santos

PROGRAMAÇÃO
15.10.2021 – Sexta-feira
18h – Encontro de Coroinhas no Salão Paroquial
18h30 – Missa na Catedral
19h – Terço na Com. Nª Sra. do Perpetuo Socorro
16.10.2021 – Sábado
15h – Encontro do ONDA na Catedral
15h30 – Missa na Com. Nª Sra. do Rosário
16h – Missa na Com. Pinheiros
17h – Missa na Catedral
17h30 – Missa na Com. Nª Srados Navegantes
19h – Missa na Com. Santo Antônio
19h – Missa na Com. Imaculado Coração de Maria
17.10.2021 – Domingo
07h- Missa na Catedral
08h30 – Missa na Com. Bom Pastor
09h – Missa na Catedral**
10h – Missa na Com. Nª Sradas Graças
18h – Missa na Catedral
18.10.2021 – Segunda-feira
20h – Terço Interativo na Com. Nª Sra. das Graças **
19.10.2021 – Terça-feira
18h30 –Missa na Catedral com benção da saúde
20.10.2021 – Quarta-feira
18h30 –Missa na Catedral
20h – Grupo de Oração na Catedral
21.10.2021 – Quinta-feira
18h30 –Missa na Catedral
18h30 – Terço na Com. Nª Sra. do Rosário

A partir do dia 10/10 (domingo), transmitiremos SOMENTE mais as missas das 9h aos domingos pelas redes sociais;
** com transmissão AO VIVO via Facebook da paróquia, pela rádio América Am 1270 e YOUTUBE – Catedral São João Batista – Montenegro/RS.

Deixe seu comentário