Como Igreja celebramos no próximo domingo, dia 10, o Batismo de Nosso Senhor Jesus Cristo no rio Jordão. A festa do Batismo do Senhor, prolongamento da Epifania, conclui o Tempo do Natal e abre o tempo Comum. Recordamos, neste domingo do Batismo de Jesus, a manifestação pública de sua adesão ao Pai e a missão que lhe foi confiada, como Filho amado e fiel.
É dia de celebrarmos também nosso batismo. E assumi-lo como missão. Jesus aderiu ao batismo de conversão de João, como todo judeu. Uma vez que para os judeus o batismo era um rito penitencial. Jesus quer ser solidário com os pecadores, com a humanidade. Contudo Jesus recebe muito mais que um batismo de penitência. Ele recebe a manifestação do Pai e do Espírito Santo. Jesus é anunciado como o “filho amado” e sobre ele desce o Espírito Santo que lhe investe nas missões de profeta, sacerdote e rei.
O evangelista Marcos (Mc 1,7-11) narra que enquanto Jesus, depois de ter recebido o batismo, “E logo, ao sai da água, viu o céu se abrindo, e o Espírito, como uma pomba, descer sobre ele. E do céu veio uma voz: ‘Tu és o meu Filho amado, em ti ponho o meu bem-querer”. Este Jesus é o Filho de Deus, totalmente imerso na vontade do amor do Pai. Este Jesus é aquele que morrerá na cruz e ressuscitará pelo poder do mesmo Espírito que agora desce sobre Ele e O consagra. Este Jesus é o homem novo que quer viver como Filho de Deus, ou seja, no amor; o homem que, diante do mal do mundo, escolhe o caminho da humildade e da responsabilidade, não prefere salvar-se a si mesmo, mas oferecer a sua própria vida pela verdade e pela justiça.
O mergulho nas águas do Jordão consagra a Jesus na missão de Servo do Senhor. Jesus assume a missão de ser o servo que, investido pelo Espírito de Deus, promoverá o direito entre as nações. Em Jesus, o Pai reafirma a aliança com toda a humanidade.
Ser cristão significa viver assim como Jesus. Mas este comportamento de vida requer um renascimento: renascer do alto, de Deus, da Graça. Este renascimento é o Batismo, que Cristo concedeu a Igreja a fim de regenerar os homens para uma vida nova. Façamos memória do nosso batismo, daquele renascimento espiritual que nos abriu o caminho da vida eterna. Possamos neste ano da Misericórdia, redescobrir a beleza de ter renascido do alto, do amor de Deus, e viver como verdadeiro filho de Deus.
Pe. Diego Knecht

PROGRAMAÇÃO
8.01.2021–Sexta-feira
18h30 – Missa na Catedral*
9.01.2021 – Sábado
15h30 – Missa na Comunidade Espírito Santo
17h – Missa na Catedral*
17h30 – Missa na Comunidade Nª Sra. Aparecida
19h – Missa na Comunidade Santo Alberto Magno
19h – Missa na Comunidade São José do Maratá
10.01.2021 – Domingo
7h- Missa na Catedral
8h30 – Missa na Comunidade Santos Reis
9h- Missa na Catedral **
10h – Missa na Comunidade Nª Sra. do Perpétuo Socorro
18h- Missa na Catedral
11.01.2021–Segunda-feira
20h – Terço na Comunidade Nª Srª das Graças**
12.01.2021– Terça-feira
18h30 – Missa na Catedral com benção da saúde*
13.01.2021– Quarta-feira
18h30 – Missa na Catedral*
14.01.2021– Quinta-feira
18h30 – Missa na Catedral*
*com transmissão AO VIVO via Facebook da paróquia;
** transmissão pela rádio América Am 1270 e YOUTUBE – Catedral São João Batista – Montenegro/RS).

LEMBRETES:
As missas são presenciais com capacidade reduzida (30% da capacidade de lotação da Igreja).
Manter o distanciamento na igreja;
Estar durante a missa com Máscara;
Higienizar as mãos na entrada com álcool gel.

Deixe seu comentário