Queridos irmãos e irmãs, neste 15° Domingo do Tempo Comum, o Senhor nos convida à missão. Deus tem poder para realizar sua obra sozinho, mas, em seu mistério de amor, quer que participemos dessa missão por graça e misericórdia. Participando de sua messe aqui na terra, já incorporados a Cristo no batismo, participamos de Sua natureza divina e, no céu, participaremos de Sua glória. Por isso, podemos dizer que missão é mistério de participação na obra de salvação. E esta participação, como a própria palavra diz, é tomar parte na ação; participação é colocar mãos, pés e coração no apostolado. Este é um aspecto importante que somos chamados a tomar consciência: Deus realiza sua obra através de colaboradores, pessoas ousadas que não tenham medo de ir ao encontro de quem precisa. Se nossa Igreja não for missionária, estaremos caminhando para a estagnação. O Papa Francisco, na EvangeliiGaudium (n°129), afirma: “Se deixamos que as dúvidas e os medos sufoquem toda a ousadia, é possível que, em vez de sermos criativos, nos deixemos simplesmente ficar cômodos sem provocar qualquer avanço e, neste caso, não seremos participantes dos processos históricos com a nossa cooperação, mas simplesmente espectadores duma estagnação estéril da Igreja”.

Na primeira leitura do profeta Amós (7, 12-15), percebemos a origem simples do profeta, pois era pastor de ovelhas (“O Senhor chamou-me, quando eu tangia o rebanho…”); sendo assim, não pregava por reconhecimento, dinheiro ou status, até porque não era capacitado ou estudioso. Mas ele aceitou pregar porque o Senhor lhe disse: “Vai profetizar para Israel, meu povo”. Um homem simples e sem recursos, mas que foi obediente à vontade de Deus e tomou parte em Sua ação. Assim, Deus mostra aos homens que a mensagem, a Palavra, é maior e mais poderosa que seus interlocutores. A fragilidade e humildade do pastor/profeta Amós unidoà força da profecia testemunhava que esta unção só podia vir de Deus. É Deus que fortalece os que foram escolhidos e dá sabedoria “segundo a riqueza da sua graça, que Deus derramou profusamente sobre nós, abrindo-nos a toda a sabedoria e prudência” (Ef 1, 7-8). Ao agir assim Deus dá provas de seu poder, que é manifestado em nossa fragilidade. O poder de Deus não está na lógica do mundo, é loucura para o mundo. Poder é serviço.

O despojamento de que nos fala o evangelho (Mc 6, 7-13) no qual o Senhor envia os discípulos “recomendando-lhes que não levassem nada pelo caminho, a não ser um cajado; nem pão, nem sacola, nem dinheiro na cintura…” confirma o modo de agir de Deus. Deus não vem de modo ostensivo, não faz propaganda para “atrair consumidores”, não faz grandes movimentos. Jesus quer que o evangelho seja pregado na simplicidade do testemunho autêntico de vida. O testemunho de vida e a confiança na ação e providência de Deus é sãoo jeito escolhido por Deus para que a boa nova fosse espalhada pelo mundo. Os discípulos foram enviados dois a dois, de casa em casa, de coração em coração. Este é o jeito de sermos missionários: quando buscamos dar testemunho autêntico da fé e propomos esta vivência às pessoas concretas que estão ao nosso redor. Evangelizar não é fazer propaganda, mas é ser o que se é. Se não estou conseguindo evangelizar, certamente preciso me converter mais e pedir a força da graça de Deus, reconhecendo que sou limitado. É partindo de nossa fraqueza que Deus agirá!
Pe. João Vítor Freitas dos Santos

PROGRAMAÇÃO
09.07.2021 – Sexta-feira
18h30 – Missa na Catedral *
10.07.2021 – Sábado
15h30 – Missa na Com. Espírito Santo
17h – Missa na Catedral*
17h30 – Missa na Com. Nª Sra. Aparecida
19h – Missa na Com. São José do Maratá
19h – Missa na Com. Santo Alberto Magno
11.07.2021 – Domingo
07h- Missa na Catedral
08h30 – Missa na Com. Santos Reis
09h – Missa na Catedral**
10h – Missa Festiva na Com. Nª Sra. do Perpetuo Socorro
18h – Missa na Catedral
12.07.2021 – Segunda-feira
20h – 2ª noite do tríduo do Terço interativo na Com. Nª Sra. das Graças **
13.07.2021 – Terça-feira
18h30 – Missa na Catedral com benção da saúde*
14.07.2021 – Quarta-feira
18h30 – Missa na Catedral *
20h – Grupo de Oração na Catedral
15.07.2021 – Quinta-feira
18h30 – Missa na Catedral*
* com transmissão ao vivo via Facebook da paróquia;
** transmissão pela rádio América Am 1270 e YouTube – Catedral São João Batista – Montenegro/RS.

LEMBRETES:
As missas são presenciais com capacidade reduzida (60% da capacidade da Igreja). Manter o distanciamento na igreja. Estar durante a missa com máscara. Higienizar as mãos na entrada com álcool gel.

Deixe seu comentário