Entre todas as semanas do ano, para os cristãos a próxima é a de maior relevância, pois vivenciamos o centro de toda a nossa fé e de toda caminhada da Igreja. A semana santa faz memória e atualiza a centralidade de tudo aquilo que fazemos, vivemos e vivenciamos sob o prisma da fé durante o Ano Litúrgico, isto é, o Mistério Pascal de Jesus Cristo.
Todavia, apesar dela ter toda sua importância, ela será mais plena se a vivermos com intensidade, participando das celebrações, as quais são variadas, mas todas com um mesmo cunho, onde acompanharmos Jesus nos seus últimos atos aqui na terra. Iniciamos com a celebração “do domingo de ramos da paixão do Senhor”. Nela contemplamos os dois aspectos que marcam as pessoas diante de Jesus. Se por um lado, Ele é aclamado com “hosanas”, por outro é rejeitado pelos poderes vigentes da época, os quais não aceitam a proposta do Mestre.
Acompanhar Jesus rumo à Jerusalém é colocar-se numa atitude de discípulo, onde somos “provocados” a tomarmos uma decisão: aceitar ou recusar o Senhor. Ao aceitá-lo é preciso também ter ciência de que o caminho do mestre não será fácil, de glórias, conquistas múltiplas, mas um caminho que leva à entrega total de sua vida. São Paulo nos exorta a termos em nós os mesmos sentimentos de Cristo, que mesmo existindo em condição divina, não fez uso de sua divindade, mas fez a experiência da “kênosis”, do rebaixamento e da humilhação em favor da humanidade.
Contudo, se o caminho de Jesus é tortuoso e sofrido pela cruz, ao mesmo tempo é um caminho de vitória, pois sabemos pela fé que com Cristo seremos vitoriosos. Por isto, o símbolo tão significativo dos ramos, sinal da vitória daqueles que lutam com Ele e como Ele, em favor da vida e da dignidade humana. Ser cristão é ser discípulo, colocando-se junto com Jesus no seu trajeto rumo à entrega total de sua vida ao Pai. Ser cristão é assumir o projeto e a vida de nosso mestre.
Não deixemos de vivenciar esta semana. São oito dias de intensidade, cheios de graça e vitalidade para nossa fé. Estar ao lado de Jesus nesta hora é saber também que Ele está ao nosso lado em todos os momentos. Abençoada semana santa a todos e todas.
Pe. Ricardo Nienov – Pároco

PROGRAMAÇÃO
12/04 – 18h – via-sacra
19h30 – missa na comunidade Menino Jesus de Praga – Trilhos c/ bênção de ramos
13/04 – 15h30 – missa na comunidade Três Stos Mártires – P. da Amora c/ bênção de ramos
17h – missa na comunidade N. Sra. Aparecida – Muda Boi c/ bênção de ramos
17h – missa na comunidade São Pedro – Potreiro Grande c/ bênção de ramos
18h – missa na comunidade N. Sra. Aparecida – Assentamento c/ bênção de ramos
19h – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
14/04 – 8h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
10h – missa na comunidade Santo Antônio c/ bênção de ramos
10h – missa na comunidade N. Sra. da Glória – Germano Henke c/ bênção de ramos
19h – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
OBS: todas as missas na Timbaúva com bênção de ramos
16/04 – 19h – celebração penitencial na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
17/04 – 19h30 – missa do crisma na Catedral
Programação do tríduo Pascal
18/04 – 20h – missa vespertina da “Ceia do Senhor” – comunidade da Timbaúva
19/04 – 15h – celebração da paixão do Senhor
20h – procissão do Senhor Morto – trazer velas – saída do posto no final da Via II
20/04 – 19h – Vigília Pascal

PRÉ-INSCRIÇÃO DA CATEQUESE DE EUCARISTIA – estão abertas as inscrições para a catequese de 1ª eucaristia. Para crianças nascidas em 2009 ou antes. Sempre aos sábados pela manhã das 8h até as 11h30 durante os meses de março e abril.

Deixe seu comentário