Estamos iniciando três novas realidades. Um novo mês, março; para muitos é o início do ano na volta às atividades, mas na Igreja iniciaremos um novo tempo litúrgico: o tempo da Quaresma.
Algumas características são próprias desse período, o que faz com que o tempo quaresmal bem vivenciado, sobretudo em comunidade, trará belos frutos de conversão e vida nova para todos nós. A marca forte da liturgia nestes dias será a escuta atenta da palavra de Deus. Por ela, nos deparamos com o projeto salvador de Deus Pai a toda a humanidade, a qual deverá responde por uma vida digna, santa e coerente. Isto é fruto da acolhida à Palavra e conseqüentemente à conversão do coração para Deus.
Além de ser um período forte de escuta da Palavra, ele requer também atitudes concretas, como nos sugere a liturgia: oração, jejum e esmola. A conversão do coração passa pela concretude da vida, pois não é possível vivermos a fé e a adesão a Jesus Cristo como uma idéia, mas pelas práticas interiores, que perpassam o coração, manifestando a verdadeira vivência cristã.
Por fim, nota-se que há um duplo pedido nas orações e nos cantos litúrgicos. Um deles é de Deus para nós, outro é nosso em direção ao Senhor. “Volta teu olhar Senhor e dá-nos teu perdão”, é o clamor de um povo que reconhece seu pecado e que necessita ser perdoado por Deus. Esse pedido expressa o coração misericordioso do Senhor, pois tão somente ao crermos na infinita misericórdia do Pai, manifesta em Jesus, é que poderemos implorar seu perdão.
Por outro lado, somos ajudados a tomar consciência que é preciso retornar ao Senhor. “Retorna Israel ao teu Senhor”, é o convite que nos faz darmo-nos conta de que a distância de Deus não liberta a humanidade, ao contrário, nos escraviza e nos amarra em paixões desenfreadas, as quais “roubam” a dignidade plena de cada ser humano como filho e filha de Deus. O pecado como ação contrária à vontade de Deus nos afasta de Seu amor, porém, jamais somos abandonados à mercê de nossa fragilidade, mas novamente convidados a vida nova, resgatados e renovados pela bondade salvadora do Senhor.
Portanto, que sejamos novas criaturas, neste novo tempo que iniciamos. O convite é de voltarmos e nos abrirmos ao novo que brota do coração divino, o qual nos perdoa e renova pelo seu amor sem medidas. “Misericórdia ó Senhor, pois pecamos”.
Pe. Ricardo Nienov – Pároco
PROGRAMAÇÃO
28/02 – 19h – missa na associação do bairro Municipal
19h30 – missa no bairro Estação
01/03 – 16h – encontro do AO
17h – adoração ao santíssimo
18h – missa da 1ª sexta-feira – igreja da Timbaúva
02/03 – 8h – reunião da pastoral do dízimo
8h – ensaio de cantos abertos à comunidade
15h30 – missa na comunidade Três Santos Mártires – Passo da Amora
17h – missa na comunidade São Pedro – Potreiro Grande
19h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
20h30 – casamento na igreja São Pedro e São Paulo de Maiara Maria Ortiz Motta e Fábio Luís da Costa
03/03 – 8h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
10h – missa na comunidade Santo Antônio – Aeroclube
10h – missa na comunidade N. Sra. da Glória – Germano Henke
19h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
06/03 – 19h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva c/ imposição das cinzas
PRÉ-INSCRIÇÃO DA CATEQUESE DE EUCARISTIA – estão abertas as inscrições para a catequese de 1ª eucaristia. Abaixo os detalhes:
Para quem? Crianças nascidas em 2009 ou antes
Dia: sábados pela manhã das 8h até as 11h30 durante os meses de março e abril

Deixe seu comentário