Nos últimos tempos escuta-se muita esta expressão: “ele foi condenado…”. Numa realidade marcada por tantos desafios, violência, criminalidade, corrupção, a condenação está sendo uma rotina nos noticiários e na realidade do nosso povo. Claro, no instante que há erros, deve haver alguma forma de penalização.
Contudo, este contexto também nos faz olhar para o evangelho, onde existe a lei que condena, que exclui, apedreja. A pessoa não é vista na sua dignidade a partir da misericórdia divina, mas sim sob o prisma único da lei, a qual executa a norma prescrita. O evangelho deste domingo, “da mulher adúltera”, uma vez mais nos colocará diante da dolorosa situação do pecado, perante o qual nossa atitude jamais deverá ser de condenação, mas de compaixão.
Sabe-se que o pecado, além de todo mal que gera, igualmente produz muito sofrimento nas pessoas. Há muitos que procuram um novo caminho, às vezes já não conseguem mais, por isso sentem-se perdidos, incapazes, pequenos pela falta de capacidade de mudar de vida. Logo, o sentimento de culpa que os acompanha machuca e humilha a pessoa, a qual já não consegue nem mais se aproximar de Deus, pois carrega uma culpa “imperdoável”.
Jesus muda esse cenário. Ele devolve a questão da condenação dessa mulher aos interlocutores. Deles partirá a condenação, mas somente se não forem pecados, caso contrário, não terão o direito de julgar. Logo, quem de nós poderá julgar alguém? Quem poderá condenar?
Portanto, neste domingo, deixemos a misericórdia de Deus tomar conta de nossos corações. Não deixemos com que o ódio, a raiva ou mesmo a autojustificação tomar conta de nós, tornando-nos juízes de nossos irmãos.
“Ninguém te condenou? Eu também não. Vai em paz e não peques mais”. Nunca seremos condenados por Jesus, mas sempre acolhidos. Contudo, convidados também a largar a vida que nos afasta de Deus e dos nossos semelhantes.
Pe. Ricardo Nienov – Pároco
Programação:
05/04 – 16h – encontro do AO
17h – adoração ao santísismo
18h – via-sacra seguida da missa
19h30 – missa na comunidade Menino Jesus de Praga c/ D. Carlos
06/04 – 15h30 – missa na comunidade Três Santos Mártires – Passo da Amora
17h – encontro dos coroinhas
19h – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
07/04 – 8h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
10h – missa na comunidade Santo Antônio – Aeroclube
10h – missa na comunidade da Germano Henke c/ D. Carlos
19h – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva c/ profissão de fé das crianças da 1ª eucaristia
09/04 – 19h – missa na Tanac
19h30 – reunião da pastoral do batismo
10/04 – 19h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
GALETO – PRÓXIMO DOMINGO GALETO NA COMUNIDADE DA TIMBAÚVA PARA LEVAR. VALOR DE R$15,00
CATEQUESE – PRÉ-INSCRIÇÃO DA 1ª EUCARISTIA – durante os meses de março e abril aos sábados pela manhã das 8h às 11h30 na secretaria paroquial. Crianças nascidas em 2009 ou antes.

Deixe seu comentário