Iniciando o mês de agosto, voltamos nosso olhar para a dimensão vocacional da Igreja, pela qual somos confrontados com o projeto de Deus para cada um de nós.

Em cada domingo deste mês, refletiremos uma vocação a qual somos chamados por Deus. Toda a humanidade é chamada à vocação universal à santidade, a qual brota na graça batismal. Em nós, é colocada a semente de eternidade, a qual nos impulsiona para vivermos a comunhão profunda com o Senhor.
Além disso, cada um recebe um chamado especial, onde Deus, como Pai, nos convida a participar da construção do Reino de Deus. Um convite que brota de Jesus Cristo e que exige a resposta de cada um, de forma responsável e total.

Neste espírito, refletimos domingo a vocação presbiteral. Aqueles que são chamados do meio do povo, a serviço do povo. Ser padre é sentir-se amado por Cristo de tal forma que tudo vale a pena ser deixado para trás. É encontrar o “tesouro” pleno da existência, ao qual consagramos nossas vontades, projetos e sonhos pessoais, configurando-se sempre mais à vontade de Deus.

A grande marca do presbítero, sobretudo nos dias atuais, é encarnar a figura do “bom pastor”. Aquele que consegue enxergar no outro a necessidade de se levar a esperança, a ternura, a alegria que renova e transforma a vida. O pastor é aquele que realmente coloca sua vida à disposição do rebanho, não mais se importando com sua vida, mas tão somente do povo que lhe foi confiado.

Contudo, não é possível fazer a experiência do pastoreio sem se identificar com Jesus Cristo, o único e sumo sacerdote, ou como mesmo se define, “o bom pastor”, aquele que dá a vida pelas ovelhas.

Neste mês, deixemos nos interpelar pelo mestre. Ele nos chama, ama e envia à missão. Continuamos rezando e pedindo ao Senhor da messe que envie mais operários, a fim de que a vinha do Senhor possa ser cultivada por pessoas dispostas a amar, doar-se e oferecer a vida em favor da humanidade, especialmente os fracos e necessitados.

Pe. Ricardo Nienov – Pároco

Programação:
03/08 – 14h – encontro dos idosos no salão paroquial
04/08 – 16h – reunião do AO
17h – adoração ao santíssimo
18h – missa da 1ª sexta com via-sacra pelos sacerdotes
19h – reunião da pastoral do dízimo
05/08 – 15h30 – missa na comunidade Três Santos Mártires – Passo da Amora
16h30 – encontro do CLJ – salão paroquial
19h – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
06/08 – 8h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva c/ vigília do Cenáculo de Maria
10h – missa na comunidade Santo Antônio – Aeroclube
10h – missa na comunidade N. Sra da Glória – Germano Henke
10h – missa na comunidade São Pedro – Potreiro Grande
19h – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
07/08 – 19h30 – catequese com adultos
08/08 – 19h30 – reunião da pastoral do batismo
09/08 – 19h30m – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva

Deixe seu comentário