Na história da psicanálise, tanto a teoria como a prática sofreram mudanças. Entretanto, uma verdade se manteve inalterada tanto na obra freudiana como nos seus seguidores: a importância dos primeiros anos da infância.
Os psicanalistas descrevem que o humor nas crianças é tão necessário quanto nas demais fases da vida, pois alivia as penas e diminui o impacto dos fracassos.
O riso evidencia como o bebê vivencia as surpresas que tanto ele cria como o adulto, pois ele ri sempre que houver um clima de diversão e segurança. O riso do bebê é uma prova de que ele está feliz. Isto mobiliza o narcisismo dos pais em saber que estão proporcionando felicidade a seu filho.
Os risos ocorrem não só pela estimulação tátil, massagens, a voz, a presença confortante dos pais e a risada destes de algo que ele faz. A risada dos pais ensina o filho a sorrir. Essas primeiras brincadeiras revelam uma característica universal do ser humano, que é sua necessidade de brincar.
Os primeiros momentos de humor são sentidos pela criança como conquistas, verdadeiras vitórias, que aumentam sua confiança. O sentimento de júbilo decorre de um sentimento de poder especialmente ao perceber os rostos alegres dos demais, devido seus gestos e palavras.
Aos 18 meses marca o início do humor na criança. Esta fase é determinante na formação do Eu. No início ela se baseia no olhar da mãe, se vê através dela. Sua capacidade simbólica está se formando, já aprendeu a falar e sabe que as palavras representam os objetos e com elas pode falar, rir brincar, chorar e criar graça.
A segunda fase é por volta dos três anos, quando a criança é capaz de usar a linguagem de forma divertida. Ela usa as palavras para fazer graça com um claro sentido de humor. Por vezes a criança produz humor falando sério com os adultos, mas adultos acham graça do que diz e riem.
No youtube os posts mais visitados sobre crianças são por volta dos três anos. São postagens vistas por milhares de pessoas arrancando risos e admiração. São engraçados e divertidos partindo de crianças, mas antes disto arrancaram risadas em casa, entre os pais, tios e avós. Este olhar do adulto causa prazer e a tendência em repetir.

Deixe seu comentário