Parece que 2020 reservou bem para o seu finalzinho um presente e tanto para os montenegrinos: a esperança de que uma das grandes demandas da população possa ser atendida. A estudante do curso de Engenharia Civil da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Nicole Streit, de Pareci Novo, apresentou um projeto para solucionar o problema da travessia da RSC-287. O diferencial é que o custo deste projeto é bem menor do que as propostas anteriores e, por isso, mais viável economicamente.

Em cerimônia realizada no Pavilhão da Capela Santo Antônio, no bairro de mesmo nome, nessa quarta-feira, 16, ela apresentou seu projeto ao prefeito eleito de Montenegro, Gustavo Zanatta. Mesmo sendo muito mais barato – cerca de 2,8 milhões contra mais de 10 milhões nos outros projetos – tudo ainda é muito incerto. Mesmo que o futuro prefeito tenha recebido a proposta com todo interesse e venha a manifestar no futuro empenho em torná-la realidade, muitos passos terão que ser dados, desde análises de viabilidade até a captação de recursos. Ainda assim, é uma esperança que surge e, sem dúvida, é melhor termos uma nova alternativa do que a inércia.

O projeto de Nicole consiste na criação de duas rótulas fechadas para as travessias. A primeira localizada na frente do Posto Ipiranga. A outra em frente à Renauto. Ainda estão previstos faixa de pedestres entre as rótulas e um redutor de velocidade. Além disso, pelo projeto, o traçado da rodovia ganhará ainda calçadas no lado do bairro Santo Antônio para que os pedestres tenham acesso da rua Ramiro Barcelos para a rua Ernesto Zietlow e vice-versa. Tudo, é claro, para tornar a travessia dos pedestres mais segura.

Os cidadãos de Montenegro têm de saudar toda e qualquer iniciativa na tentativa de resolver este problema. Sobretudo, aquelas que, como neste caso, nasceram da união do conhecimento com a vivência. Nicole relata que, ao passar diariamente pela RSC-287 percebia sempre a dificuldade das pessoas em atravessar a rodovia seja a pé ou nos veículos e atentou-se para o risco de morte em fazer essa travessia.

Assim como o abaixo-assinado proposto por vereadores de Montenegro no intuito de cobrar do Governo do Estado a instalação de rótulas e pistas laterais nos pontos de maior incidência de acidentes da via, entre os bairros Santo Antônio e Panorama, a proposta de Nicole Streit deve ser encarada com seriedade. São contribuições que, somadas a cada vez mais esforço e cobrança da comunidade, um dia, darão resultado. E, neste momento, o Ibiá terá o orgulho de estampar em suas plataformas de mídia essa conquista de todos os montenegrinos.

Deixe seu comentário