Nos últimos meses do ano, são bem mais frequentes as ações solidárias, muitas delas registradas em reportagens pelo Jornal Ibiá. Muitas vezes, são atitudes motivadas pelo espírito natalino, visando a garantir as festas de final de ano para todos. É importante, no entanto, manter essa consciência de responsabilidade social em tornar um mundo melhor o ano inteiro. Além das necessidade de sobrevivência serem contínuas, há fatos que agravam a situação de uma ou mais pessoas.
O caso do incêndio ocorrido na noite de domingo, noticiado nesta edição, é um exemplo. Duas residências foram destruídas pelas chamas. Os imóveis eram conjugados e ficavam na Vila Esperança, abrigando 10 pessoas. Com o sinistro, essas famílias perderam grande parte de seus pertences, entre móveis e roupas, além dos danos nas residências.
Em consequência disso, essas famílias precisam da solidariedade da comunidade para recomeçar e deixar para traz o rastro provocado pelas chamas. Como em outras ocasiões semelhantes, os montenegrinos normalmente atendem a esses apelos, amenizando a situação das vítimas de imprevistos.
Vale reforçar a importância de cada um em contribuir para um mundo melhor, mais solidário e, portanto, mais humano. Um mundo em que a solidariedade vença o egoísmo. Para muitos, isso é utopia, mas felizmente há uma boa parte da população que se sensibiliza com o drama vivido pelo outro, um sinal de que um mundo melhor é possível, mesmo que ainda distante do ideal.

Deixe seu comentário