Ano a ano, o ciclo se repete: reclamamos que a cidade não tem decoração de fim de ano, que já foi muito melhor e que parece que não teremos Natal dessa vez (como se dependesse apenas da decoração feita pela Prefeitura). Os servidores públicos se desdobram em um misto de criatividade, força de vontade e falta de recursos, enfeitam alguns pontos do município e algum vândalo vai lá e destrói sem o menor motivo para tanto. E depois cobramos do poder público a falta de decoração no ano seguinte. É um ciclo sem fim.
Cansamos de noticiar o vandalismo em decorações natalinas, não apenas em Montenegro, mas em diversos municípios da região. É recorrente. Agora diga: que vontade há nos servidores municipais em fazer algo que sabem que será desmanchado por algum mentecapto por aí? Apenas pelo prazer de estragar as lindas fotos das famílias e o encanto das crianças que acreditam de verdade na magia dessa época.
E não dá para cobrarmos das forças policiais que façam a segurança de enfeites de Natal 24h por dia. É ridículo! Ou alguém contrata segurança particular para ficar ao lado do pinheirinho durante um mês? Não. Não fazemos isso porque as pessoas que moram em nossa casa sabem que não se deve destruir as bolinhas e cortar os pisca-piscas. Não é infantilidade. Não é falta de aviso. É simplesmente falta de vergonha na cara (ou de caráter) de quem realiza atos de vandalismo contra sua própria cidade. As decorações são de todos. A cidade é de todos! E se vemos iniciativas em melhorar o aspecto da praça em datas comemorativas, ao invés de destruir, deveríamos seguir o exemplo de alguns moradores do bairro São Paulo ou do Estação, que ao ver a praça sendo enfeitada (por outros moradores, e não pela Prefeitura), foram lá e ajudaram a produzir enfeites, colocá-los no lugar, realizar eventos na área de convivência e até consertar brinquedos que estavam estragados. Isso é se apropriar do lugar onde vivemos e ajudar a torná-lo melhor. Porque não é apenas o poder público que faz um município ser bom para viver. Somos todos nós!
E aos que destroem nosso patrimônio, que sejam descobertos e devidamente punidos.

Deixe seu comentário