Seja folião! Curta, dance, pule e aproveite a maior festa popular brasileira. O Carnaval pode ser um espetáculo com desfiles luxuosos ou um simples bloco que leva alegria a comunidades de todos os níveis sociais. Também pode ser sinônimo de paz num paraíso à sua escolha. Tudo o que o Carnaval não pode é se tornar a razão de mortes desnecessárias, transmissão de doenças que podem ser prevenidas e de foliões vítimas de crimes. Infelizmente, isso está longe de ser incomum.
Antes de pegar o carro depois de beber aquela cervejinha, pense que alguém aguarda o seu retorno. E que aqueles que dividem espaço com você pelas ruas e estradas também têm famílias. E se dspertar aquele interesse especial por alguém? Nenhum problema… desde de que a vontade seja dos dois e que um deles tenha lembrado de levar a camisinha. Sexo com responsabilidade não causa risco de gravidez indesejada, nem de contaminação por doenças como a Aids, por exemplo. Lembre, também, que os criminosos não tiram folga. De batedores de carteira até estupradores, todos se aproveitam das grandes aglomerações. Não aceite bebidas de quem não conhece. Elas poder conter substâncias perigosas.
Seja qual for a sua forma de curtir o Carnaval, não esqueça que a quarta-feira de cinzas está logo ali e você retornará para sua rotina, sua família e compromissos. Pelo menos é isso que todos desejam. Com responsabilidade, é possível curtir a festa com alegria, sem estragar o feriado dos outros. Bom Carnaval para todos. Em segurança! Porque muitos Carnavais ainda virão.

Deixe seu comentário