Em comemoração aos seus 96 anos, a Associação Comercial, Industrial e de Serviços (ACI) de Montenegro e Pareci Novo realizou nesta quinta-feira jantar na Sociedade Cultural Pareci Novo, ocasião em que também foi entregue o Troféu Jacob Renner – Empresário Destaque ACI 2017. Iniciativas desta natureza são essenciais para promover o reconhecimento de quem investe a vida para desenvolver Montenegro, o Vale do Caí, o Rio Grande do Sul e o País. O prêmio da ACI elege um nome para ser o símbolo do ano, mas é o conjunto das atividades empresariais na indústria, no comércio, nos serviços e no campo que mantém o Brasil em pé.
A nação patina na lama nos últimos anos porque age na contramão dos empreendedores. Enquanto eles planejam, o poder público vive a apagar incêndios; enquanto o empresariado administra seus recursos financeiros com plena responsabilidade, o Estado tem gasto as verbas públicas sem medir consequências, e a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 são notáveis exemplos neste sentido.
Portanto, reconhece-se aqui a coragem e a resiliência de todos os mais de 220 associados da ACI e dos demais empreendedores locais e regionais, que enfrentam enorme burocracia, uma pesada carga tributária, insegurança, problemas de ordem logística. Se não fossem as atividades das empresas que vocês criaram, não teríamos emprego, o poder público não teria arrecadação e, consequentemente, não se teria dinheiro algum para manter escolas abertas, postos de saúde em funcionamento, policiais nas ruas nem obras de infraestrutura.

Deixe seu comentário