Na hora da diversão, o cuidado, muitas vezes, acaba ficando de lado. Esquecemos de tomar água, deixamos o protetor solar para lá e optamos por belas taças de sorvetes ao invés de dar atenção à alimentação balanceada. Percebemos que o cansaço mental nos domina e deixamos de lado a preocupação com a saúde mental em razão do trabalho, dos estudos e de outros compromissos. É comum, embora não devesse, que nos despreocupemos com a saúde – nossa e também das crianças –, principalmente em períodos de lazer, muito comuns nessa época de férias escolares e de visitas às praias e parques.
O caderno Vida Saudável deste final de semana aborda, de diferentes formas, esse assunto: o cuidado. Atenção à saúde física, com o bem-estar e, inclusive, com a saúde mental. Essa última, aliás, é uma das que mais sofre em um mundo hiperconectado, movido pela necessidade de sermos os melhores em tudo e pela euforia em conquistar coisas a qualquer custo.
É preciso ter em mente que nada é suficientemente importante a ponto de colocar a própria saúde e a de quem se ama em risco. Ainda mais quando se trata das crianças. Portanto, saber o que fazer caso aconteça algo de ruim quando elas estão em seu momento de maior diversão é fundamental para estar sempre preparado. Afinal, ninguém quer que um imprevisto ocorra, mas é sempre bom estar preparado. Mas, a prevenção ainda é o melhor caminho e pode ser decisiva para evitar problemas futuros.
E, quando se trata da própria saúde, a velha dica é sempre bem recordada: beba água, use protetor e coma frutas e legumes. Vale acrescentar: cuide da saúde mental. Essas são dicas que sempre merecem ser relembradas. Agir dessa forma é um modo de valorizar e bem tratar o próprio corpo. E ninguém quer ficar doente ou ter uma insolação em pleno Verão, não é mesmo? Então, para aproveitar os momentos, seja sozinho ou na companhia de quem se ama, os cuidados com a saúde devem ser prioridade.
Vale ler as reportagens com atenção, focar nas formas de cuidado consigo mesmo e com o próximo e por em prática dicas simples que podem fazer toda a diferença. Afinal, cuidar e proteger também são formas de amor.

Deixe seu comentário