Dia 12 de dezembro. Quase todo mundo começou a contagem regressiva para as festas de fim de ano. É a possibilidade de ter um feriadão para descansar, rever pessoas queridas, estar junto de quem amamos e, para os mais sortudos, poder viajar e refrescar a cabeça desse ano que – muitos dizem – foi conturbado.

O período também reacende a chama da generosidade. Diversas campanhas arrecadam donativos aos menos afortunados, promovem festas e confraternizações nos bairros, nas empresas, nas entidades assistenciais e provocam os cidadãos do Vale do Caí a fazer o bem. Esse espírito natalino é importante e delicioso de ser vivido. Renova a fé na humanidade e devolve-nos a esperança acerca das atitudes alheias.

Mas, para viver esse momento intensamente, cada minuto da forma mais plena e feliz, é fundamental que outro espírito aflore em cada um: o dos cuidados com a segurança de toda a família. Esse é um momento em que as rodovias ficam cheias, os estabelecimentos comerciais lotados e a paciência, muitas vezes, se esvazia. Aquelas dicas simples, como guardar bem o dinheiro, ter atenção às suas coisas e, principalmente, às crianças enquanto faz compras de Natal, agora valem mais ainda.

Além disso, é fundmanetal ter atenção especial com a segurança no trânsito, cuidar de si e de quem está ao lado e seguir rigorosamente as leis. É por pensar que “comigo isso não vai acontecer”, que muita gente deixa de fazer a revisão do carro antes de viajar; ultrapassa em local proibido, anda pelo acostamento em caso de congestionamento, usa o celular enquanto dirige e acelera mais do que deveria.

O excesso de confiança pode custar a vida de uma pessoa e, nesse período em que há bastante gente nas estradas, é fundamental redobrar a cautela. Não custa nada sair mais cedo, esperar um pouquinho no trânsito e pagar o valor da revisão – que nem se compara ao custo de perder alguém que amamos por uma falha mecânica que poderia ser evitada. Claro que acidentes acontecem – mesmo que a gente não queira. Mas, enquanto pudermos evitá-los, que o façamos.

Deixe seu comentário