A importância da leitura é indiscutível. Adquirir conhecimento, desenvolver o senso crítico, ter condições de argumentar seu ponto de vista sobre um assunto, aumentar o vocabulário, melhorar a escrita e a comunicação em geral são alguns dos vários aspectos positivos para quem cultiva o hábito de ler.
A prática da leitura se desenvolve em casa e na escola. Embora sejam muitos os motivos para ler, essas instituições precisam ser criativas para despertar o interesse das crianças e adolescentes. Um exemplo é o da Escola Estadual de Ensino Fundamental Conde Afonso Celso, em Bom Jesus, na Serra Gaúcha. Recentemente o educandário inaugurou o Bibliomicro Conde, um micro-ônibus reformado que funciona como uma biblioteca.
O veículo visa despertar nos alunos o gosto pela leitura e, desta forma, estimular a prática como forma de lazer também fora da escola. O ônibus seria vendido como sucata, por meio de leilão da Prefeitura, mas a direção da instituição o requisitou e, em parceria com uma agência bancária, reformou e o encheu com novos livros. À disposição da comunidade escolar, a biblioteca fica “estacionada” no pátio da escola e o ambiente diferenciado atrai os alunos.
Em Montenegro, um exemplo de biblioteca diferenciada é a casinha instalada na Praça Rui Barbosa, com livros à disposição da comunidade em geral. Toda iniciativa de estímulo à leitura merece destaque, tendo em vista o quanto o hábito de ler é enriquecedor e importante para o desenvolvimento humano.

Deixe seu comentário