Estamos vivendo neste julho de 2021 o oposto do que experimentamos em março de 2020. Quando nos despedíamos do veraneio do ano passado, também demos tchau aos passeios, viagens, aulas e trabalho da forma como estávamos acostumados. Readaptamos muitas coisas para seguir vivendo. Tivemos picos e quedas de contaminação. Quando reduziu, tivemos esperança; quando a alta foi irrefreável, sofremos a decepção. Mas agora, com a vacinação avançando, passamos a ter com mais segurança que no fim de 2020 a ares de boas notícias chegando.

Epidemiologistas e demais especialistas começam a falar em, com segurança, a população brasileira poder flexibilizar algumas medidas. Acreditam que as máscaras poderão deixar de ser uma rotina necessária a partir de novembro. Já no início de 2022 seria possível realizar eventos com maior público. Alguns devem estar pensando que, atualmente, já se observa muita gente na rua sem máscara e todos já ouviram falar de alguma festa clandestina para dezenas ou centenas de pessoas. A diferença é que os epidemiologistas estão planejando flexibilizações considerando a saúde e o bem-estar da população. E quem faz aglomerações ou sai na rua sem máscara durante uma pandemia, não está pensando em nada, nem mesmo em si mesmo ou nos seus familiares.

Mas, voltando às notícias boas, a confirmação destas boas expectativas oportunizará não apenas um Verão muito mais agradável aos brasileiros que o anterior – já tem gente pensando no Carnaval – como trará alento à economia. Os bares poderão receber mais fregueses, as lojas terão mais clientes e o dinheiro circulará mais na cidade. O que é benéfico para a economia como um todo. Todos estes bons planos são possíveis de serem feitos, apenas, porque a vacinação contra a Covid-19 está ocorrendo e já temos aproximadamente metade da população adulta com pelo menos uma dose recebida. Quando chegarmos aos 70% ou 80%, teremos muito mais tranquilidade para retomar a vida próximo ao normal.

Mas, vale lembrar que, por enquanto, são apenas expectativas para daqui quatro ou seis meses. Para garantir que você e a sua família possam viver em plenitude esse recomeço de vida em sociedade é necessário manter os cuidados um pouco mais. Não esqueça da sua máscara, utilize álcool gel, lave as mãos com frequência e evite aglomerações. Logo poderemos dizer que vencemos uma pandemia.

Deixe seu comentário