Nesta semana, o Ibiá detalhou aos seus leitores, com números, qual a real situação da pandemia de Covid-19 na nossa região. Primeiro, na edição da última quarta-feira, 17, uma explicativa matéria mostrou aos montenegrinos onde o vírus mais está presente na cidade, tanto geograficamente quanto do ponto de vista da idade dos doentes. Tudo isto foi possível porque a Prefeitura de Montenegro apresentou importantes informações, bastante solicitadas pela imprensa e a população em geral.

Alguns dados podem parecer óbvios, mas, ainda assim, merecem receber a luz da compreensão. É o caso do gráfico que aponta a idade dos infectados. Com os idosos sendo o foco de maior preocupação e estes os que mais estão evitando as aglomerações, é natural que o maior número de infectados estivesse justamente entre os mais jovens. Há outros números, porém, que você dificilmente teria, não fosse a Prefeitura divulgar e o Ibiá esmiuçar. Somente 1% da população de Montenegro foi testada, o que indica que o vírus está muito mais presente do que apenas o número de casos mostra. São cidadãos que estão circulando pela cidade, assintomáticos, mas com a Covid-19. Testar 1% da população é mais do que a média brasileira, mas muito menos do é preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Na edição de hoje, você confere uma grande reportagem sobre como a Covid-19 se alastrou pelo Vale do Caí e como está a incidência dos casos, proporcionalmente a cada população. Há aproximadamente três meses a pandemia passou a mudar a rotina dos moradores do Vale do Caí e fala-se tanto na Covid-19 que pode tê-los surpreendido, leitores, a informação de que três municípios da nossa região não apresentam nenhum infectado confirmado. A reportagem do Ibiá esteve em uma dessas cidades, São José do Sul, e mostra como está a rotina da população.

Nem sempre os números agradam a quem os observa. Mas eles não mentem, dizem muito sobre a nossa realidade atual e indicam quais são os melhores caminhos a seguir. Por isso, a divulgação deles é tão importante e deve seguir ocorrendo com total transparência.

Deixe seu comentário