Há quem acuse a imprensa de dar mais visibilidade às notícias ruins. A violência, o desemprego, os flagelos sociais, o mau comportamento de gestores públicos estão, sim – muito mais do que gostaríamos – ocupando páginas de jornais e sites, e minutos de TVs e rádios. E seguirá assim até que possamos nos orgulhar da nossa segurança pública, voltemos aos tempos de pleno emprego, tenhamos vida digna nas comunidades mais humildes e não haja problemas de corrupção ou má gestão do que é público. É esta a função do Jornalismo e ela seguirá sendo cumprida, para o descontentamento de muitos.
Mas há um sabor especial em se publicar uma notícia boa. Projetos inovadores que nascem “escondidos” em alguma comunidade. Líderes comunitários que abrem portas e criam oportunidades. Acertos de entes públicos capazes de melhorar a vida da população. Notícia boa e que impacta a vida dos montenegrinos e demais moradores do Vale do Caí sempre teve e sempre terá espaço nas diferentes plataformas do Ibiá. É o caso de hoje.
O fato de o Polo da Química estar avançando e trazendo novas empresas para Montenegro é das melhores notícias que podemos oferecer aos leitores. Sete empresas assinaram protocolo de intenção para aqui se instalarem e a expectativa é que, até 2021, elas estejam operando. Quando uma empresa se instala, ela gera movimentação que começa na construção civil, segue na geração de emprego e renda – que reverbera no comércio local – e melhora a arrecadação de impostos do município para que este tenha recursos para oferecer melhor estrutura aos moradores. Obviamente, não é tão simples assim. É claro que isso tudo não se concretizará amanhã. Mas é um começo e o esforço das ações municipais e estaduais para essa realização deve ser valorizado.
Montenegro, que ofereceu nos últimos anos aos seus moradores algumas notícias tão desanimadores, e que deixaram esta população tão descrente, estava mesmo precisando de uma boa notícia. Emprego é sinônimo de oportunidade. E de recomeço para quem está sem uma ocupação. Vamos começar essa semana com esperança de que dias melhores para nossa economia virão e que, em breve, estas empresas estejam produzindo e nos dando ainda mais orgulho.

Deixe seu comentário