Mais um 1º de Maio bate à porta. O que você fará hoje? Muitos viajam, outros tantos curtem a folga ao lado daqueles que amam. Justíssimo. Essa data homenageia aqueles que levam o país nas costas, da professora ao caminhoneiro. Do administrador à cozinheira. Da antiga costureira aos jovens desenvolvedores de sites e aplicativos. Somos todos trabalhadores com papel social e econômico.
Além de aproveitar seu dia, esse também é o momento de refletir e dialogar sobre seus direitos e deveres. Mais do que um feriadão ou oportunidade de descanso, essa data deve servir de oportunidade para tomar fôlego e encarar os desafios que vêm pela frente. Lutas não faltam. A vida funcional de todos, ou pelo menos da maioria dos trabalhadores brasileiros, está mudando. Alterações nas leis trabalhistas, possíveis mudanças nas regras de aposentadoria, na contribuição sindical… tudo isso tem a ver com o trabalhador. O fato da economia ainda não viver seus melhores momentos e a falta de vagas são pesadelos que atrapalham o sono.
O que fazer diante de tudo isso? Informar-se a respeito do que se passa no país é um bom começo. Assim como manifestar-se quanto ao que muda a sua vida, a vida de todos. Capacitar-se é outro ponto decisivo. O mercado de trabalho tem mudado e praticamente não houve quem não sofresse o impacto das novas tecnologias. Restou a cada trabalhador acompanhar essa evolução – talvez uma verdadeira revolução – trazida pela tecnologia e que, aparentemente, não terá freio. O mundo não para. O trabalhador também não. Pensemos nisso neste 1º de maio.

Deixe seu comentário