A eleição se aproxima. E apesar deste ser um ano fora do normal, temos de nos preparar para ela. Você pode até não gostar de ir votar, pode até gostar menos ainda dos políticos. Mas serão as decisões deles a mudar a sua vida. Por isso, desde a semana passada, o Ibiá está realizando uma série de enquetes, que visam a mobilizar a população para o pleito marcado para 30 de novembro. Gostamos ou não dos rumos da cidade? É a partir desta resposta que poderemos escolher os próximos a ocupar as cadeiras de prefeito e vereadores. Após a população avaliar o executivo, a partir de hoje, o Ibiá convida os montenegrinos a pensarem sobre a qualidade e eficiência da atual legislatura na Câmara de Vereadores.

A eleição de vereadores costuma mobilizar menos a população. Há – infelizmente – quem chegue à urna sem saber em quem depositará sua confiança para os próximos anos. Esquecem que cabe a eles legislar no município, além de fiscalizar sobre o que ocorre no Executivo local. Você se lembra em quem votou para vereador? Grande parte das pessoas esquece isso logo depois de votar. A razão é simples: essa escolha não levou tempo suficiente de análise. Se tivéssemos investido horas e horas avaliando os candidatos sob os critérios que considerar mais relevantes, nos lembraríamos do escolhido. E cobraríamos um mandato que estivesse à altura do que esperamos.

E quais critérios são esses? Cada um tem de encontrar os seus. Escolaridade, experiência como gestor público, fonte de renda além da política, honestidade, vínculo com a comunidade e etc. Mas tem de se ter critério. Por que sem saber o que se quer, nada se exige. Mais do que avaliar os atuais, o que desejamos com essa série de enquetes é provocá-los a pensar na eleição e a sermos todos muito criteriosos em nossas escolhas. Para o bem ou para o mal, vamos conviver com o resultado delas pelos próximos quatro anos e, por muito mais tempo, com as consequências das decisões destas pessoas.

Deixe seu comentário