Um dito popular afirma: “A vida é feita de oportunidades”. Já refletiu em quantas oportunidades já teve na vida? Há quem teve muitas oportunidades na vida e quem não teve muitas.Existem oportunidades que sempre aparecem e outras que aparecem raramente. Oportunidades que surgem e demoram a ir embora, outras que passam rapidamente e quando você se dá conta, já foi embora. Muitas pessoas esperam por uma oportunidade: emprego, estudo de qualidade, aumento salarial, vendas, aumento da clientela, uma promoção de cargo no trabalho. Há quem anseia por oportunidade de cura duma doença grave, outras por oportunidade amorosa… Importa reconhecer: quando a oportunidade chega, temos que ter sabedoria para agarrá-la.
Paulo, enquanto preso em Roma, escreve uma carta aos cristãos de Éfeso. Dentre tantos assuntos, ele faz considerações éticas para a vida cristã numa cidade que era centro comercial, político e religioso. Por ser grande centro comercial, Éfeso rivalizava com grandes cidades como Alexandria e Antioquia. Provavelmente existia todas as formas de negociatas para enriquecer a si e arruinar o concorrente. Paulo chama os cristãos de lá a atentarem na maneira de viver. A não agir como ignorantes, mas como sábios, pois suas palavras e atitudes, enquanto pessoas cristãs, testemunham a quem pertencem e seguem.
O apóstolo escreve ainda aos efésios: “os dias em que vivemos são maus; por isso aproveitem bem todas as oportunidades que vocês têm”. Uma das consequências da maldade, é o oportunismo.Atualmente cada vez mais pessoas são oportunistas! É sabido que as regras gerais do mercado nos motivam a comprar quando todos querem vender e vender quando todos querem comprar. Mas, o que vemos em nosso país? Quando há uma catástrofe, um galão de água que custava 10,00 passa a custar 50,00 (500%).Quando surgiu a pandemia, uma máscara facial simples, que custava 0,15 centavos, passa custar 3,00 (2.000%).Na empresa, política, ou outros setores, pessoas se corrompem ou destroem outras para conquistar o que almejam.
Como cristãos devem se portar diante disso? Qual limite entre oportunidade e oportunismo? Existe quem explora pessoas pobres ou que passam por momentos de fragilidade. Em Pv 22.22 lemos: “Não tire vantagem do pobre só porque ele é pobre, nem se aproveite daqueles que não tiverem quem os defenda no tribunal”. Tirar proveito de pessoas empobrecidas ou em vulnerabilidade, é a atitude perversa. Infelizmente é isso que acontece. Até no tocante a fé, quantos oportunistas aproveitando-se da fé ingênua das pessoas, pregando um falso Evangelho, que deixa de anunciar a vontade de Deus para promover conceitos e interesses de ideologias humanas. Oportunistas são por vezes como “sanguessugas”. Se aproveitam de alguém buscando obter vantagens pessoais e depois descartam esta pessoa. Nunca estão satisfeitos, querem sempre mais.
Paulo adverte: “Não ajam como pessoas sem juízo, procurem entender o que o Senhor quer que vocês façam”. A grande questão é descobrir, em cada momento e situação, qual é a vontade de Deus. Os tempos mudam, há situações inéditas cada dia. Como agir? Como opinar? Você e eu somos pessoas cristãs. Este título, por si, já nos identifica com a fonte na qual buscar conhecimento e sabedoria. Deus nos deixa as Escrituras como fonte de conhecimento e inspiração. Lá podemos buscar respostas e exemplos de como agir, com sabedoria, de acordo com a vontade de Deus. Não perca oportunidades! Seja sábio, aja como Deus orienta e não como o mundo ensina e estimula. Não seja oportunista! Não tire proveito da ingenuidade ou da fragilidade de ninguém. Isso é perverso e contra a vontade do Senhor. Pense nisso. Reflita nisso!
Neste tempo de pandemia e isolamento social, acompanhe nossos cultos ao vivo, sempre aos domingos às 10h no Facebook: Ieclb Montenegro Ieclb. Também estará disponível no YouTube, Luterana Montenegro – Culto Evangélico Luterano, domingo à tarde. Deus abençoe tua vida!
P. Marcio S. da Costa
Avisos da semana:
Iniciamos com cultos semipresenciais. Informações e inscrições, bem como atendimentos e contribuições na secretaria de segunda à sexta, das 13h30min às 17h30min, respeitando orientações de prevenção.
Os sinos da Igreja da Ressurreição badalam diariamente também às 7h e 19h, convidando as pessoas para, de onde estão, orarem numa grande corrente de clamor pelo mundo.
Traga sua doação de mantimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal para cestas básicas.

Deixe seu comentário