Em algum momento da tua vida você se perguntou: de onde virá o meu socorro? Essa foi a pergunta da semana passada nesta coluna. Refletimos que na vida há momentos de tristeza, dor, desilusão, revolta, desespero que te deixam no fundo do poço, despedaçado. Então, refletimos juntos no Sl 121, é um dos textos mais lidos e conhecidos da Bíblia, um Salmo de romagem, cantado quando o povo se dirigia em caravanas à Jerusalém em dias festivos. “Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro?” O v.2 afirma: “O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra”.
Refletimos que este socorro se expressa conforme o v.3: “Ele não permitirá que teus pés vacilem; não dormitará aquele que te guarda”. Deus está disposto a zelar e guardar a ti, enquanto caminhas olhando para Ele com fé. Você pode dormir, pois Ele está presente, Ele vigia e cuida de você em todo momento e lugar. “O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita”. (v.5) Deus é nosso socorro em todos os momentos e circunstâncias quando o socorro humano faltar e a intelectualidade não resolver; quando o dinheiro não puder comprar e a ciência esgotar seus limites; quando solidão e tristeza te invadirem, e te sentir abandonado, excluído, desprezado por familiares e pessoas próximas; ali onde você não tem mais em quem se apegar, ou no que se agarrar; quando todos recursos humanos falham. Deus não vira às costas à ninguém.
Então hoje continuamos a reflexão sobre os dois últimos versículos. O v.7 afirma: “O SENHOR te guardará de todo o mal; guardará a tua alma”. As pessoas que estão no Senhor, e permanecem com Ele tem sua alma guardada do pior dos males, que é a morte eterna. Jesus fala desta realidade, ao dizer por exemplo: “Quem crer e for batizado será salvo, porém, quem não crer, será condenado” (Mc 16.16). Ou “Ele porá os bons à sua direita e os outros a sua esquerda” […] “Portanto, estes irão para o castigo eterno, mas os bons irão para a vida eterna”. (Mt 25. 33, 46b). A eternidade é o grande prêmio para aquelas pessoas que estiveram em Cristo e permaneceram com Ele em fé verdadeira.
O Salmo 121 termina no versículo 8 que afirma: “O SENHOR guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre”. Aqui se representa a dinâmica da vida. Nós saímos de casa e entramos no trabalho, saímos do trabalho e entramos no mercado e deste saímos e entramos em casa. Nós saímosdesta vida e entramos para uma nova realidade sob os cuidados, vontade, juízo e misericórdia de Deus. Na hora da morte tudo o que é humano fica ali, naquele momento só a mão de Deus. Não há mais a mão da ciência, da tecnologia, dos recursos financeiros, da intelectualidade, ou mesmo do pai/mãe, dos filhos, amigos, das religiões, tudo o que é humano para ali na sepultura, não podem mais seguir adiante.
Para os cristãos, a morte é a porta para a vida eterna, e só quem pode seguir conosco dali em diante é o Pai da eternidade, Ele é eterno! Tua casa e terrenos permanecerão no mesmo lugar; teu carro e bens ficarão; familiares, parentes, amigos chegarão até a sepultura, lamentarão, chorarão por ti, mas não seguirão mais contigo. Intelectualidade, diplomas, prêmios, medalhas, status social, prestígio, por mais que aqui sejam importantes, nada disso seguirá contigo adiante a morte. Mas o nosso Senhor, este que é o nosso socorro e refúgio, Ele segue conosco. Deus sempre foi, é e será o socorro dos que o buscam e temem. E em Jesus, somente em Jesus, no Filho enviado por Deus, é que temos o caminho para habitarmos na casa do Senhor para todo o sempre.
Portanto, estimado irmão/ã: caminhe em direção ao Senhor, eleve teus olhos para Deus, faça isso por fé, esperança e amor. De onde virá teu socorro neste e em todos os momentos? Te garanto que teu socorro não virá dos montes, do céu, da terra, de seres humanos, nem da natureza, de animais, dos astros… tudo isso é criado… Tampouco em crenças humanas. Teu socorro virá do Senhor, do início da caminhada de tua vida de fé, ao longo do caminho e no final dele. Teu socorro está no Senhor! Não perca tempo, não busque onde Deus não se oferece. Busque o socorro em Deus, em sua Palavra, na Santa Ceia, na comunhão do corpo de Cristo que é a Igreja. Isaías 55.6 enfatiza: “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto”.
P. Marcio S. da Costa

Avisos da semana: O culto deste domingo 21.02 será presencial às 19h. Terça-feira, 23.02, às 18h, reunião com pai ou mãe dos confirmandos/as 1º e 2º ano. 24.02 às 19h Reunião c/ Orientadoras do Culto Infantil. Pedimos aos membros que atualizem seus telefones de contato no cadastro de nossa secretaria.

Deixe seu comentário