No Catecismo Menor, Martim Lutero define o 4. Mandamento: “Devemos temer e amar a Deus e, por isso, não desprezar nem irritar nossos pais e as pessoas que têm autoridade sobre nós; mas devemos honrá-los, servir e obedecer-lhes, amar e querê-los bem”.
Atualmente, filhos desrespeitam, gritam, xingam e até agridem seus pais. Vemos casos de filhos com vergonha do pai e da mãe, por isso os desprezam. Há pais/mães que, quando velhos e doentes, são abandonados por seus filhos.Esta não é a vontade de Deus! Em seu desejo perfeito, pais/mães cuidariam dos filhos enquanto pequenos e os filhos cuidariam e dariam amparo aos pais/mães durante a doença e a velhice.
Na verdade, Deus propõe aqui um ciclo de cuidado e de amor. Os filhos são cuidados por seus pais/mães quando pequenos, diante de suas fragilidades. Estes crescerão, terão vigor, reproduzirão, enquanto os pais envelhecem. Na velhice, pais e mães começam a sentir o peso da idade e a fragilidade do corpo; vão perdendo sentidos, capacidade locomotora, muitas vezes perdem a lucidez, vão prostrando-se, tornando-se cada vez mais frágeis, limitados e dependentes.
Os filhos têm aqui a obrigação de cuidar, zelar e amparar seu pai/mãe nesta fase da vida. Outros textos apontam para a responsabilidade ético-social dos filhos em relação aos pais. Passagens como Êxodo 21.15,17; Levítico 20.9; Provérbios 19.26; 20.20; 30.17 condenam o mau trato, o desprezo e o abandono dos pais idosos, que já não estão mais fisicamente capacitados para o trabalho, e por isso estão entregues à misericórdia dos filhos.
Honrar pai e mãe, portanto, também significa responsabilizar-se por seu sustento material, sua proteção e segurança quando o peso da velhice estiver esgotando suas energias vitais. Em outras palavras, assim como nosso pai e mãe caminharam conosco para a vida, conforme o ciclo gira, nós caminharemos junto a eles para que possam descansar. Eles nos são pai/mãe na vida e nós vos somos pai/mãe na morte.
Neste ciclo, vossos filhos verão o exemplo dado por vocês no cuidado com seu pai/mãe. Dependerá disso a consciência do cuidado que eles terão para com vocês. Deus pede que nós honremos nossos pais/mães e isso não é sem motivo!
P. Marcio S. da Costa – Paróquia
Evangélica de Montenegro – IECLB

Avisos da semana:
– Sexta, dia 26/04, 19h30min, Encontro dos Adolescentes.
– Sábado, dia 27/04, 10h às 12h, ensaio do Coral Infantil; das 13h30min às 15h30min, ensaio de música; 15h, culto no Ponto de Pregação do Bairro Santo Antônio e; às 19h, encontro de casais no ponto de Pregação do Bairro Santo Antônio.
– Domingo, 28/04, às 9h, Culto – Igreja da Ressurreição (Centro).
– Terça, dia 30/04, às 16h, Culto Ecumênico no Hospital Montenegro.
– Quinta, dia 02/05, às 18h30min, Ensino Confirmatório do 2º ano; 19h30min, ensaio do Coral adulto.

Deixe seu comentário