Na última sexta-feira, no mesmo horário, manifestações populares trancaram a ERS-411, entre Montenegro e Brochier, e a RSC-287, nos acessos aos bairros Santo Antônio e Panorama. Na primeira, a reivindicação era pela recuperação do asfalto. Há mais de um ano, foram iniciadas obras de recapeamento, jamais concluídas, resultando em crateras que representam risco de danos aos veículos e de morte a condutores e passageiros. Na 287, a reivindicação é a instalação de mecanismos que permitam a travessia com segurança entre o Centro e a periferia, tarefa que igualmente representa grande perigo à vida para os montenegrinos todos os dias. Centenas de pessoas participaram das manifestações, até porque as pautas são justas. Espera-se que tenham chamado a atenção das autoridades e que não seja necessário reprisá-las ao longo do ano.

Ausente
Pelo número de pessoas prejudicadas nas duas estradas, a quantidade de manifestantes poderia – e deveria – ter sido maior, mas nenhuma ausência foi tão comentada quanto a do prefeito Kadu Müller. Apesar de, nos dois casos, os principais interessados nas melhorias serem os montenegrinos, o chefe do Executivo não compareceu, gerando muitas críticas. Principalmente porque os prefeitos de Brochier, Clauro Josir de Carvalho; de Maratá, Fernando Schrammel; e de Pareci Novo, Oregino José Francisco, representando a Associação dos Municípios do Vale do Caí, compareceram.

Bastidores
De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura, Kadu está “trabalhando forte” nessas demandas e sua ausência não significa que não esteja ao lado dos moradores. “Na semana que passou, inclusive, ele fez movimentos importantes na Assembleia e junto com o vice-governador Ranolfo Vieira Junior sobre esses trechos. Podemos ter novidades”, declarou a Acom.

Fazendo pressão
Sobre a RSC-287, a Administração alega que investiu R$ 200 mil na elaboração do projeto das rótulas e vem pressionando sistematicamente a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) a realizar as obras. Quanto à 411, já em 2018, o prefeito teria protocolado um pedido de intervenção no Ministério Público, com levantamento fotográfico. O MP chegou a fazer movimentos junto ao Departamento Antônomo de Estradas de Rodagem (Daer) em dezembro e em março, mas como não houve melhorias, ajuizou ação semana passada. O processo, porém, ainda não foi julgado.

Ações efetivas
Segundo a assessoria de comunicação, Kadu tem dedicado maior esforço a ações efetivas para a solução dos problemas nas duas estradas. Neste contexto, trancar as rodovias até pode ajudar, mas não traz resultados, pois já aconteceu em outros momentos e as demandas persistem.

Generais
As pessoas diretamente prejudicadas estão cansadas de esperar. Se trancar as rodovias não resulta em soluções, também é verdade que as intervenções feitas no campo político falharam. O certo é atacar em todas as frentes e, desta vez, os “soldados” sentiram falta do seu “comandante”. Na História, não há espaço para generais que não vão para o campo de batalha. Na Política, também não!

_____________________________________________________________________

Primeiro teste
O novo secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Ari Arnaldo Müller, terá seu primeiro teste importante esta semana. Sexta-feira, ocorre a abertura oficial de citros, na agroindústria da família Kauer, na estrada de Vapor Velho. No final de semana, as vias que dão acesso à propriedade estavam quase intransitáveis, tamanha a quantidade de buracos. Para piorar, há previsão de fortes chuvas a partir de hoje. Müller precisa garantir que o público chegue ao local sem pereceber a situação de abandono em que se encontram a maior parte das vias que servem as comunidades do interior.

Esperança – Nestes eventos, também é comum as autoridades elogiarem o heroísmo do homem do campo e assumirem compromissos que depois não cumprem. Como vereador, Ari Müller sempre foi um crítico duro desse tipo de comportamento. Os agricultores esperam dele um discurso sóbrio, mas que deixe, pelo menos, esperanças de dias melhores na produção primária.

_____________________________________________________________________

Solução definitiva
E por falar em estradas, nas últimas semanas, vêm se multiplicando os mutirões feitos por agricultores para, com suas próprias máquinas e tratores, tapar os buracos e cortar o mato que avança sobre os trilhos destinados ao tráfego. A iniciativa não é totalmente ruim, porque simboliza uma tomada de consciência. Quando os políticos não fazem aquilo que se espera deles, é preciso agir. Contudo, fazer o trabalho que compete ao poder público pode aumentar ainda mais a acomodação de quem arrecada os impostos. O que os agricultores precisam é aprender a unir forças para eleger representantes que pensem neles nos quatro anos do mandato. Isso, sim, fará a diferença em sua realidade de abandono.

_____________________________________________________________________

Rapidinhas
Embora tenha sido parida na oposição, pelo vereador Cristiano Braatz (MDB), prefeito Kadu sancionou a lei que obriga os pais a apresentarem a carteirinha de vacinação na hora da matrícula e rematrícula dos filhos. Quem não estiver em dia será denunciado ao Conselho Tutelar. A saúde das nossas crianças agradece.

Prefeito nomeou o motorista Sérgio Souza para o cargo de diretor de Remoções da Secretaria da Saúde. Suplente de vereador, ele é filiado ao PDT, mas parece que o Executivo se deu conta da importância de ter um “amigo” na Câmara caso Erico Velten ou Talis Ferreira, por algum motivo, saiam de cena. É estratégia que chama?

Prefeito anda cansado de responder sobre boatos quanto à troca de comando na Smec. Nem Ciglia Silveira e nem Daniela Boos. Segundo Kadu, a secretária da Educação é Rita Júlia Carneiro Fleck. E está dito!

Vereador Joel Kerber foi eleito presidente do Progressistas de Montenegro durante convenção realizada no último sábado. É a garantia de uma participação cada vez mais efetiva da legenda no governo Kadu que, por sinal, foi escolhido vice-presidente.

Um dos desafios da nova direção será mobilizar a militância. No sábado, dos mais de 600 filiados, apenas 10% participaram da convenção.

Durante a manifestação na RSC-287, sexta-feira, os moradores negaram microfone aos vereadores Joel e Valdeci. Não queriam que eles aproveitassem o momento para politicagem.

_____________________________________________________________________

Biometria
A Câmara de Vereadores está disponibilizando, em sua sede, um funcionário e um computador para os montenegrinos fazerem o agendamento do cadastro biométrico. Quem for ao Cartório com hora marcada não precisa esperar na fila. A coleta das digitais é obrigatória para votar nas eleições do ano que vem. Não deixe para a última hora!

Deixe seu comentário