Nos dias de hoje há um ferrenho embate entre aqueles que acham que armas de fogo matam, contra os que defendem seu uso, com legislação e prudência.

Os argumentos de quem é a favor do desarmamento são sempre os mesmos: armas de fogo matam pessoas e pessoas armadas colocam mais armas nas ruas.

Referente à frase usada pelos grandes pensadores desarmamentistas, os desarmo de pronto, dizendo que as armas não matam, quem mata são as pessoas, que as usam de forma errada para fins extremamente absurdos, em sua maioria ligados ao crime de roubo, mas claro, existem diversos outros crimes.

Em contrapartida, vem o atirador desportivo, que, para adquirir sua ou suas armas, precisa passar por rigoroso processo até chegar a ter em mãos seu instrumento de lazer. Aliás, instrumento este que dá despesas e que pode ser portado em casos específicos no caso dos CAC´s ou no caso de quem possua o porte de armas. É um esporte caro, que exige frequência, pois caso não seja obtido certo número de treinos por ano, perde-se o direto de ser atirador. Se descumprir qualquer lei, mesmo sem querer, da mesma forma, o cidadão que fez tudo certo, irá perder o direito de ter sua ou suas armas.
Aí, pegamos alguém com preguiça de pensar, que está aqui lendo…

Seria lógico eu fazer todos os processos, gastar muito dinheiro, investir todos os meses, comprar insumos que cada vez estão mais caros e escassos para simplesmente andar com uma arma na cintura, portando-a de forma ilegal, para colocar mais de um ano de dedicação fora?
Claro que não!

Desarmamentistas pensam pequeno e pensam errado, já que o número de ocorrências envolvendo armas brancas é absurdamente maior do que o de armas de fogo e lâminas tem uma letalidade infinitamente maior relacionadas a armas de fogo e são permitidas. Não só lâminas, mas qualquer tipo de objeto usado para tentar ferir ou até mesmo matar alguém é considerado arma branca.

Nos crimes domésticos, qual a incidência do emprego de arma de fogo?
Nos pequenos furtos, quais as “armas” mais usadas?

Se meu vizinho não gosta de armas, ele não é obrigado a tê-las, mas poderá ser beneficiado, no dia que alguém tentar assaltar sua casa e pensar: será que aqui tem uma arma?

Operadores de armas de fogo são, em suma, pessoas que querem apenas praticar seu esporte, colecionar aquilo que gostam, sempre dentro dos preceitos legais e ainda, são pessoas que desejam proteger o que de mais sagrado Deus deu para eles, que é a instituição familiar.

E se uma caneta pode matar, deveria então ser revista a lei do desarmamento pelos nobres intelectuais quecondenam armar pessoas de bem, tirando o direito do cidadão se proteger e tornar mais objetos armas letais.

É só pensar!

Carlos Eduardo Vogt
Enfermeiro

Deixe seu comentário