Quando eu tinha meus 12 ou 13 anos, enquanto regressava da biblioteca pública de Montenegro, que tanto me abrigou, encontrei, jogada ao chão, uma página de revista rasgada. Nunca soube qual era a revista, mas a imagem que nela estava me chamou muito a atenção: a silhueta de um homem sentado em posição de meditação, com os desenhos dos sete chacras alinhados.

Na época, meu pai, ocultista por excelência, ainda era vivo e levei minha curiosidade a ele e, claro, não obtive respostas. Era “muito novo”. Só fui aprender algo dessa matéria com meu pai poucas semanas antes dele falecer, quando, na ocasião, explicou-me a essência sobre o universo material e sutil, dentre outras coisas incríveis. Porém, até hoje tenho aquele pedaço de revista rasgado, como segundo momento de “inspiração” a aprender mais sobre esse universo.

A vida tem dessas coisas: momentos chaves. Aquela oportunidade onde você tem a chance de mudar completamente sua vida, não no sentido material, mas de caminho. De desenvolvimento. A vida está sempre ensinando algo e, se a cada acontecimento você não aprender nada, está perdendo muitas aulas.
Quando você tem um dia agitado e, no outro, um dia mais quieto, a vida está lhe ensinando algo. Quando você faz algo sem pensar e, ali na frente, colhe algo de que não gostou, a vida está lhe ensinando algo. Quando você pensa que uma coisa é muito ruim e, de repente, vê que não é tudo isso, a vida está lhe ensinando algo. Quando você entende aquela frase da sua avó, onde ela dizia “tudo em excesso faz mal”, e percebe que as coisas precisam de um equilíbrio, a vida está lhe ensinando algo. A vida está sempre lhe ensinando algo. Nada acontece sem que seja para nos dar uma lição. Caso contrário, não haveria por que acontecer.

O que meu pai me ensinou antes de morrer foi uma chave muito importante no meu aprendizado e hoje fico muito feliz por não ter faltado àquela aula, e de ele não ter deixado de dá-la naquele dia, pois posteriormente seria impossível. Oportunidades estão a todo o momento sendo colocadas à nossa frente, mas cabe somente a nós percebê-las. E como fazer isso? Simplesmente buscando ativamente pelo ensinamento através da reflexão. Apenas saiba que tudo está ao seu redor para lhe dar uma aula. Aprenda com a vida, pois são as únicas lições que realmente importam.

Deixe seu comentário