Não abunda a vacina

Outro dia, em um programa da TVMON do qual participo, discutia-se o insuficiente número de vacinas ofertado mundialmente,...

As veias abertas da Ramiro Barcelos

Nos meus tempos de guri, pouco se chamava a Ramiro Barcelos pelo seu nome próprio. Era a “rua...

Brothers e ratos

Há coisas as quais tentamos evitar, mas tal é a disseminação entre a sociedade, que dificilmente sairemos ilesos....

Glória nacional

Em 1979, o Internacional saiu-se campeão brasileiro de forma invencível. Havia na equipe alguns remanescentes dos times campeões...

Quem não se comunica se trumbica

Um dos pecados que o gabinete do ex-prefeito Kadu Müller cometeu foi não ter um setor de comunicação...

A tristeza da cidade

Nas últimas semanas a cidade viveu momentos de profunda violência. As vítimas, todas jovens. Tiro da...

A desejada das nações

Como o Messias prenunciado nos antigos livros bíblicos, intensamente desejado por todas as nações para por fim ao...

Povo sem virtude

A capital de todos os gaúchos deu exemplo de democracia e diversidade ao eleger em 15 de novembro...

Um ano bom e doce

Lembro-me das passagens de ano de minha infância quando morávamos “lá fora”. Éramos pequenos e adormecíamos cedo. Os adultos,...

O bêbado e o equilibrista

Em que pese as restrições impostas pelos protocolos sanitários em dias pandêmicos, o último sábado chamou para as...

Deu pra ti, 2020

Era novembro ou dezembro de 1979, quando algum gaiato grafitou uma emblemática frase no muro da Mauá, na...

As gurias e os guris

O jornalista Márcio Reinheimer é de Campo do Meio, interior do Município. Por um determinismo gentílico, quem sabe,...

Últimas notícias

Cadernos

  • Entrar / Cadastrar