Crônica de despedida

A vida é de se continuar vivendo. Mesmo quando um ciclo termina. E meu ciclo no Jornal Ibiá...

Círculo vicioso

Zapeando pela internet, li numa revista espanhola de História um belo texto sobre as ações moralistas de Benito...

As pessoas

Vocês já repararam nas pessoas? Claro que já, né. Todo mundo repara em todo mundo. Às vezes para...

Carta de Pedro ao futuro

Ei, você que ainda não nasceu. Pegue esta garrafa que foi jogada ao mar por este náufrago desta...

Sentirei falta da primavera

Não há muitas verdades que sejam unânimes. Mas se há alguma e da qual não poderemos fugir, é...

Invasão de privacidade

A privacidade, assim como a conhecemos, é bem moderna em nossa civilização. Todos se lembram das latrinas coletivas...

Jogos de memória

O que mais há em nós são medos e incertezas. E a memória joga com elas como se...

O motor do passado

O passado nos condena às probabilidades que ele traçou. O passado é uma força bruta a impulsionar a...

Fantasiar para viver

Nada mais literário do que a vida. No cotidiano e na realidade, estão todas as cenas necessárias para...

Pertencer é preciso

Há muitos lugares no mundo. Alguns reais, outros imaginários. A alguns pertencemos. De outros nos distanciamos. Porém é...

O ódio em alto relevo

Nestes tempos de intolerância e ódio gratuitos entre as pessoas, é de lembrar-se de uma expressão que apaixonou...

A arte de persuadir

Persuadir é uma arte. Porque ronda o mundo das quimeras, do impossível, do inaceitável; porque certas coisas que...

Últimas notícias

Cadernos

  • Entrar / Cadastrar