Fotos: reprodução internet

Se todo o mês de maio já é especial no combate do câncer bucal, a próxima semana é ainda mais. É que na próxima quinta-feira, 31 de maio, ocorre o Dia Estadual de Combate ao Câncer Bucal. A campanha de prevenção envolve dentistas e equipes de saúde bucal, tanto da rede pública como da rede privada, convidados a participar de ações e cursos.

O Projeto Maio Vermelho, de prevenção e combate ao câncer de boca, tem a organização do Conselho Regional de Odontologia do Rio Grande do Sul (CRO/RS) e Faculdade de Odontologia da UFRGS, entre outras instituições. A cada ano, mais municípios se engajam para realizar ações e mobilizar sua população. “A Odontologia está cada vez mais assumindo seu papel no cuidado integral do paciente, com conhecimento e profissionais dedicados, aptos a diagnosticar e acompanhar o paciente durante todo o tratamento oncológico”, destacou o presidente do Conselho, Nelson Freitas Eguia, em manifestação oficial no site da entidade. “Nessa perspectiva, o CRO/RS estará investindo ainda mais, estimulando todos os profissionais, tanto da rede pública como da rede privada a participarem deste Projeto”, complementa.

Apoiado pelas diferentes esferas de governo e também por instituições e entidades relacionadas ao ensino e exercício da Odontologia, o Projeto Maio Vermelho possibilita o aperfeiçoamento contínuo dos profissionais tanto para orientar a população em relação aos fatores de risco e ao desenvolvimento da doença quanto para fortalecer seu conhecimento no diagnóstico precoce. Paralelamente, se propõe a mobilizar os gestores a organizar a linha de cuidado ao paciente oncológico e informar ao dentista como ser parte desta equipe interdisciplinar.

Fotos: reprodução internet

Campanha 2018
“Quanto + cedo for diagnosticado + chances de cura”. Esse é o slogan da campanha, edição 2018, que reflete a preocupação dos organizadores em salvar vidas, através da detecção precoce e tratamento agilizado da doença.

“Estamos focados na proposta de ampliar a um número cada vez maior de pessoas a importância da identificação precoce da doença. A informação pode salvar vidas. Como diz o slogan da nossa campanha, quanto mais cedo o diagnóstico, maiores serão as chances de cura, com poucas ou nenhuma sequela”, destaca a coordenadora do Maio Vermelho, Juliana Romanini, presidente da Comissão de Saúde do CRO/RS.

A iniciativa se propõe a ser um fórum permanente na Luta contra o Câncer Bucal. “A intenção é alertar a população gaúcha e os profissionais de saúde, sobre a prevenção, o diagnóstico e tratamento do Câncer Bucal”, ratifica ela.

Deixe seu comentário