Aos poucos, consumo de orgânicos ganha espaço Crédito: Banco de imagens

A Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) lançou o Ranking Agas 2017, com um desenho dos hábitos de consumo dos gaúchos no ano passado. Um dos destaques foi o avanço dos orgânicos, uma indicação de tendência a uma alimentação mais saudável e natural. A Agas consultou os supermercadistas para saber a participação dos produtos orgânicos nas gôndolas gaúchas e verificou crescimento em representatividade. Eles já abrangem 1,41% do total de itens comercializados pelo setor. Em 2016, os orgânicos respondiam por 1,31%. “O consumidor está cada vez mais preocupado com sua saúde. Nas verduras, a participação de orgânicos chega a 8%”, destaca Antônio Cesa Longo.

O índice de aumento ou queda nas vendas de alguns produtos, porém, indica uma preferência por alimentos de consumo rápido, sendo a praticidade um dos quesitos mais valorizados. Itens de fiambreria, barras de cereais e café em cápsulas tiveram crescimento nas vendas enquanto os iogurtes tiveram queda. A boa notícia é que a venda dos biscoitos recheados caiu no último ano.

Deixe seu comentário